Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Portugueses na Holanda

O principal meio de informação em português na Holanda. Notícias, informação e ponto de encontro da comunidade portuguesa.

Portugueses na Holanda

O principal meio de informação em português na Holanda. Notícias, informação e ponto de encontro da comunidade portuguesa.

Tradicionais Fogos de Páscoa de Novo Cancelados

Imagem de Sansibla sob licença (CC BY-SA 3.0)

 

Pelo terceiro ano consecutivo, o norte e o leste da Holanda cancelam os tradicionais Fogos de Páscoa. É a segunda vez que devido ao covid-19 não se realiza esta tradição. Em 2019, a grande maioria dos eventos planeados para a Páscoa foi proibida devido ao clima seco e risco de incêndio.

"É uma pena. Não para nós, mas para os jovens que realmente gostam de construir a pira para o fogo", disse Luc Strating, da organização de Fogos da Páscoa 't Aol Volk, para a RTV Drenthe. "Eles realmente fazem disto uma festa e isso agora se foi completamente."

As primeiras fogueiras da Páscoa foram acesas no nordeste da Holanda em 1624. O fogo sempre foi um símbolo de fertilidade e novos começos. Inicialmente, as piras foram construídas perto de grandes casas de agricultores, mas logo os fogos de Páscoa começaram a ser organizados por todas as pequenas vilas e aldeias. Nos dias de hoje, quem quiser pode construir uma à sua maneira com paletes, ramos ou até árvores inteiras.

Somente em Drenthe, ocorriam cerca de setenta deste fogos de Páscoa até 2019. Esse número variou, mesmo no canto sudeste da província. "Houve momentos em que tínhamos apenas alguns", disse Luc Strating na vila de Dalen, perto de Coevorden. "Mas também houve anos em que tivemos quinze Fogos de Páscoa na vila."

Concentração de Material Particulado na Atmosfera

A organização de Fogos de Páscoa parece ter-se conformado com o terceiro cancelamento consecutivo. Nem mesmo um pedido de organização surgiu este ano. Mas há preocupação com o futuro porque a continuidade dos Fogos da Páscoa já estão em discussão há algum tempo. Em 2018, a pesquisa do Instituto de Saúde Pública e Ambiente (RIVM) mostrou que estas fogueiras na Páscoa contribuíram com meio por cento das emissões totais de partículas na Holanda. Com a importante nota lateral, de acordo com o RTV Oost, que os Fogos da Páscoa são acesos durante dois dias e portanto, produzem uma concentração extra de material particulado em suspensão na atmosfera por um tempo muito limitado, igualado apenas ao dos fogos de artifício da passagem de ano.

Em resultado dessa investigação, o Stichting Houtrookvrij e o Houtrook.nl pedem a proibição dos Fogos de Páscoa nos Países Baixos. Mas esta discussão está no momento paralisada devido à pandemia. Devido a estas fogueiras na Páscoa na Alemanha e nos Países Baixos, a qualidade do ar em partes da Holanda deteriora-se. O vento geralmente de leste nesta altura do ano, trazem o cheiro a queimado, fumo e fuligem à zona das grandes cidades (Randstad). Nesta pesquisa, o RIVM alerta que os Fogos da Páscoa causam poluição e deterioração da qualidade do ar, o que é especialmente mau para pessoas com doenças pulmonares ou cardiovasculares podem sofrer com a poluição.