Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Portugueses na Holanda

O principal meio de informação em português na Holanda. Notícias, informação e ponto de encontro da comunidade portuguesa.

Portugueses na Holanda

O principal meio de informação em português na Holanda. Notícias, informação e ponto de encontro da comunidade portuguesa.

Surto de Legionella em Schijdel. Fonte de Contaminação Ainda Desconhecida

Imagem de nadya_il por Pixabay

 

Em Schijndel, um surto de legionella causou a morte de uma pessoa e a infecção em mais de dez outras. A maioria delas está já internada no hospital. Todas as pessoas infectadas vivem em Schijndel e têm entre 60 e 90 anos, afirma o município. A fonte da infecção ainda não foi encontrada.

 

O GGD suspeita que a fonte da contaminação esteja ao ar livre. As fontes no centro de Schijndel foram por isso desligadas. A inalação da bactéria legionella pode ocorrer por meio de pequenas gotículas de água ou partículas do solo do jardim.

De acordo com o GGD, não há vínculo entre as pessoas infectadas, excepto pelo facto de morarem todas em Schijndel. O GGD investiga a origem do surto nos "locais óbvios", como torres de arrefecimento, lava-louças e purificadores de água, mas também analisa outras possíveis fontes de contaminação. Uma das pessoas infectadas esteve numa piscina, mas todas as outras não.

Ponta do Icebergue

Segundo o GGD, esta é a "ponta do icebergue" e novas infecções podem surgir nos próximos dias. Pesquisas em dois lares de idosos, onde vivem vários doentes, não deram em nada.

"Esperamos que diminua o mais rápido possível, mas como geralmente leva uma semana para as pessoas ficarem doentes, é possível que ainda mais pessoas que foram infectadas na semana passada fiquem agora doentes", disse o médico responsável pelo controle de doenças infecciosas Ariene Rietveld, do GGD.

Acções de Precaução

Algumas das pessoas infectadas vivem na instituição para a terceira idade, Laverhof, no centro de Schijndel. A direcção da instituição anuncia que a infecção por legionella foi detectada em três utentes.

A instituição afirma que toma as medidas preventivas previstas na lei. "Colectamos amostras de água, os chuveiros são equipados com filtro de legionella e os canos são quimicamente limpos." A direcção enfatiza que Laverhof não é a fonte de infecção.

O RIVM também enfatiza que um surto como esse é excepcional. "Não vemos com frequência surtos desta ordem na Holanda", disse a epidemiologista Petra Brandsema do RIVM."Um surto semelhante em Amsterdam aconteceu em 2006 com uma torre de arrefecimento, um sistema usado para arrefecer água vaporizada."

 

Portugueses na Holanda sempre informou a sua comunidade gratuitamente e sempre o irá fazer no futuro.
Mas o futuro coloca também desafios, que só com a ajuda dos nossos leitores, conseguem ser superados.
Iniciamos assim a subscrição de apoiantes, onde por um pagamento mensal recorrente podem apoiar o crescimento desta plataforma. Esse pagamento poderá ser cancelado sempre que quiserem.