Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Portugueses na Holanda

O principal meio de informação em português na Holanda. Notícias, informação e ponto de encontro da comunidade portuguesa.

Portugueses na Holanda

O principal meio de informação em português na Holanda. Notícias, informação e ponto de encontro da comunidade portuguesa.

Primeiras Sondagens das Eleições Gerais 2021 nos Países Baixos

Imagem de Rob van der Meijden via Pixabay

 

O VVD de Mark Rutte parece ser o vencedor das Eleições Gerais 2021 pela quarta vez consecutiva. O D66 deve conseguir o segundo lugar, de acordo com a sondagem realizada na quarta-feira à noite pela agência de sondagem Ipsos para o canal NOS. A margem de erro é maior do que o normal este ano devido à pandemia, por isso, os resultados das eleições podem ser diferentes.

 
  • VVD: 35 lugares (+2)
  • D66: 27 lugares (+8)
  • PVV: 17 lugares(-3)
  • CDA: 14 lugares (-5)
  • PvdA: 9 lugares (igual a 2017)
  • GroenLinks: 8 lugares (-6)
  • SP: 8 lugares (-6)
  • Forum voor Democratie: 7 lugares (+5)
  • Partij voor de Dieren: 6 lugares (+1)
  • ChristenUnie: 4 lugares (-1)
  • SGP: 3 lugares (inalterado)
  • DENK: 2 lugares (-1)
  • 50PLUS: 1 lugares (-3)

Novos partidos com assento parlamentar:

  • Volt: 4 assentos
  • Ja 21: 3 assentos
  • BoerBurgerBeweging: 1 assento
  • BIJ1: 1 assento

De acordo com a sondagem, o VVD deverá chegar aos 35 lugares, um ganho de dois lugares. O D66 fez um avanço considerável e chega nas pesquisas às 27 cadeiras, um aumento de 8 assentos em relação às últimas eleições.

PVV (dezassete, tinha vinte), CDA (quatorze, tinha dezanove), GroenLinks e SP (ambos com oito, tinham quatorze em ambos os casos) são, ao que parece agora, os grandes perdedores.

O Forum voor Democratie parece ganhar lugares. O partido de Thierry Baudet deverá ficar com sete cadeiras, segundo a previsão, mais cinco que em 2017.

A abstenção deve ficar em cerca de 26%.
 

Os Grandes Vencedores São os Recém-Chegados

Os vencedores estão principalmente entre os recém-chegados. O Volt parece vir com nada menos que quatro assentos na Câmara. JA21, o partido dos antigos dirigentes do Forum voor Democratie, Joost Eerdmans e Annabel Nanninga, poderão entrar na Câmara a ocupar três cadeiras.

Vai ser também emocionante para BIJ1 de Silvana Simons e para o BoerBurgerBeweging (BBB), ambos com um 1 lugar à disposição.

O PvdA não foi capaz de compensar a perda monstruosa de 29 cadeiras nas eleições anteriores e deverá ficar com as nove cadeiras que o partido já tinha. A esquerda nos Países Baixos tornou-se historicamente pequena.

Previsões Muito Incertas

Uma previsão ao fecho da urna é uma sondagem baseada em pergunta aos eleitores à saída da mesa de voto.

A agência Ipsos alertou que a margem de erro nestas eleições é maior do que o normal devido à pandemia. Um erro de dois assentos ocorre com frequência, mas devido à situação actual, um desvio acima de dois assentos não pode ser descartado, disse a agência num comunicado. Normalmente, um desvio de um assento é levado sempre em consideração.

A maior margem de incerteza deve-se aos maiores de 70 anos, que na Holanda representam cerca de 16% de todos os eleitores, e que nestas eleições excepcionalmente puderam votar por correspondência devido à pandemia. Este grupo foi por isso, levado menos em consideração na pesquisa de previsões eleitorais.

Para além disso, a Ipsos não conseguiu estar presente em alguns locais de voto devido às restrições impostas pelas medidas de combate à pandemia.