Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Portugueses na Holanda

O principal meio de informação em português na Holanda. Notícias, informação e ponto de encontro da comunidade portuguesa.

Portugueses na Holanda

O principal meio de informação em português na Holanda. Notícias, informação e ponto de encontro da comunidade portuguesa.

Preço Do Gás Cai Para Novo Mínimo Desde Agosto

spain-g94ea93d5b_640.jpg

O preço do gás caiu acentuadamente desde a semana passada. Na quarta-feira, data de referência para a atualização do gás do governo, os comerciantes pagaram 112,51 euros por megawatt hora. Uma semana antes, ainda custava 160,19 euros.

 

O preço do gás tem vindo a cair desde o final de agosto. Resta apenas um terço do preço atingido no pico (quase 350 euros). Isso deve-se em parte ao clima ameno atual e ao fato de os países europeus já terem conseguido reabastecer as suas reservas de gás para o próximo inverno.

Os líderes da UE também chegaram a vários acordos para manter o preço do gás sob controle. Por exemplo, houve acordo sobre um preço-alvo para o gás natural liquefeito (LNG). Isso pode servir como substituto para o gás russo, se necessário. Os países também fizeram acordos entre si sobre a compra conjunta de gás, embora isso seja feito de forma voluntária.

O fato de o preço estar a cair há várias semanas pode ser benéfico para os consumidores. Os fornecedores de energia podem comprar o seu gás mais barato e reduzir os preços dos seus clientes. Se vai beneficiar disso como consumidor também depende do seu contrato. Por exemplo, a Eneco anunciou no início desta semana que o aumento do preço de 1 de novembro é menor que a de 1 de outubro.

Consumo

Empresas e consumidores consumiram 689 gigawatts-hora por dia entre 13 e 19 de outubro. Isso é consideravelmente mais alto do que uma semana antes, quando o consumo de gás permaneceu em 586 gigawatts-hora. O consumo na semana passada foi 30,5 por cento inferior à média dos três anos anteriores.

O consumo tem sido menor há vários meses do que nos anos anteriores. Uma possível explicação é que empresários e famílias economizam mais, pois o gás ficou consideravelmente mais caro. Além disso, devido à escassez de gás, as centrais elétricas têm optado com mais frequência por outras fontes de energia, como o carvão, embora a custo das metas climáticas.

Reservas Cheias

Pela primeira vez desde há muito tempo, o fornecimento de gás nos Países Baixos diminuiu. Os quatro locais de armazenamento estão, em média, 92,6% cheias. Na semana anterior era de 93,4%. Isso deve-se ao armazenamento em Grijpskerk, que está apenas 66,1% cheio. Na semana passada, encontrava-se a 78,7%.

De acordo com um porta-voz do Ministério de Assuntos Económicos, a reserva está a diminuir porque o tanque de armazenamento na vila de Groningen teve de ser parcialmente esvaziado. Como resultado, o gás teve que ser libertado por um curto período de tempo. Segundo ele, a diminuição é, portanto, temporária. Dois dos três outros depósitos (em Alkmaar e Norg) estão completamente cheios.

O governo quer reabastecer as reservas o máximo antes do início do inverno. Isso deve garantir que - mesmo com um inverno rigoroso - não fiquemos sem gás.

 

Portugueses na Holanda sempre informou a sua comunidade gratuitamente e sempre o irá fazer no futuro.
Mas o futuro coloca também desafios, que só com a ajuda dos nossos leitores, conseguem ser superados.
Iniciamos assim a subscrição de apoiantes, onde por um pagamento mensal recorrente podem apoiar o crescimento desta plataforma. Esse pagamento poderá ser cancelado sempre que quiserem.