Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Portugueses na Holanda

O principal meio de informação em português na Holanda. Notícias, informação e ponto de encontro da comunidade portuguesa.

Portugueses na Holanda

O principal meio de informação em português na Holanda. Notícias, informação e ponto de encontro da comunidade portuguesa.

Preço da Gasolina Passa os 2 Euros

Imagem de brandstof-zoeker.nl

 

O preço médio aconselhado para o litro de gasolina é agora de EUR 2.012. É a primeira vez que o preço atinge os 2 euros, de acordo com os dados da United Consumers. A principal razão para a subida é o alto preço do barril de petróleo.

 

O litro do gasóleo e do GLP também estão mais caros do que nunca. O preço de venda sugerido pelas petrolíferas para o diesel é de 1,659 euros e para o GPL é de 1,026 euros.

O facto dos preços dos combustíveis estarem tão altos deve-se em parte ao aumento recente da procura por petróleo. Muitas economias estão a sair agora da crise corona e isso vem com um grande aumento do consumo de energia. Também o facto de estarmos a entrar no período de Outono e Inverno, faz aumentar a procura de combustível para aquecimento.

Ao mesmo tempo, os países produtores de petróleo não estão a produzir tanto petróleo quanto poderiam. Como resultado, o combustível permanece relativamente escasso, o que faz com que o preço suba.

O preço do barril de petróleo do Mar do Norte (Brent) está actualmente acima dos 80 dólares. Esse é o preço mais alto em três anos. O barril de petróleo americano (WTI) também está nos seus máximos de há três anos.

Impostos Altos

Outro factor é que o imposto sobre os combustíveis aumenta a cada ano. Por exemplo, o preço do petróleo em 2008 era muito mais alto do que agora, mas pagava-se muito menos impostos sobre o litro de combustível. No momento, pagam-se quase 10 cêntimos a mais de impostos especiais sobre o consumo do litro de gasolina do que há dez anos.

O IVA também incide sobre o imposto especial de consumo mais elevado. Além disso, a percentagem do IVA passou de 19 para 21 por cento nesse espaço de tempo. Como resultado, agora paga-se mais na bomba do que quando o preço do petróleo batia o seu recorde em 2008.

Preço Não Deverá Baixar

Os consumidores provavelmente terão que se acostumar com os preços altos, porque encher o depósito não deverá ficar mais barato tão cedo. "Os preços dos combustíveis ainda podem subir um pouco mais", disse Paul van Selms, da United Consumers.

No entanto, ele acha que o aumento não deverá aumentar muito. “Isso não é do interesse dos países produtores de petróleo. Se o preço ficar muito alto, haverá tanta pressão sobre esses países que eles ver-se-ão obrigados a baixar os preços”, explica Van Selms.

Além disso, existe o risco de que, se os preços do petróleo ficarem realmente altos, por exemplo mais de 100 euros por barril, possam cair drasticamente em algum momento, talvez até pela metade. Os produtores de petróleo certamente não querem isso. Muitos países, por exemplo, a Arábia Saudita, depende em grande parte das receitas do petróleo e se esses preços caírem drasticamente, eles têm um grande problema económico."

Aliás, certamente não vamos pagar 2 euros por litro em todos os postos de abastecimento. Isso acontece, na sua grande maioria, nas estações de serviço ao longo das autoestradas. Muitos postos de gasolina nas cidades e vilas, oferecem descontos sobre o preço de venda sugerido. Como resultado, você pode reabastecer mais barato em muitos lugares. Em alguns locais, até por menos de 1,90 euros. No entanto, isso contrasta totalmente com o ano anterior, quando ainda era possível reabastecer em muitos lugares por menos de 1,60 euros.

 

Portugueses na Holanda sempre informou a sua comunidade gratuitamente e sempre o irá fazer no futuro.
Mas o futuro coloca também desafios, que só com a ajuda dos nossos leitores, conseguem ser superados.
Iniciamos assim a subscrição de apoiantes da nossa plataforma, onde por um pagamento mensal recorrente podem apoiar o crescimento desta plataforma. Esse pagamento poderá ser cancelado sempre que quiserem.