Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Portugueses na Holanda

O principal meio de informação em português na Holanda. Notícias, informação e ponto de encontro da comunidade portuguesa.

Portugueses na Holanda

O principal meio de informação em português na Holanda. Notícias, informação e ponto de encontro da comunidade portuguesa.

Pré Acordo Para Formação do Governo

Imagem de Richard van Elferen sob licença (CC BY 2.0)

 

Os quatro partidos (VVD, D66, CDA e CU) prováveis para a formação de um novo governo querem traçar um acordo de coligação "conciso", disse o negociador Johan Remkes durante a apresentação do seu relatório final esta quinta-feira. Eles esperam que os partidos PvdA, GroenLinks, Volt, SGP e Fractie Den Haan cooperem substancialmente na fase inicial das negociações de coligação ou que forneçam ministros numa fase posterior. Jesse Klaver (GroenLinks) e Lilianne Ploumen (PvdA) anunciaram já que não estão interessados.

 

De acordo com Remkes, a próxima fase da formação do governo pode "passar mais rapidamente". Dois novos negociadores devem supervisionar este processo.

Há um convite aberto do VVD, D66 e CDA aos outros partidos para contribuir com "quadros financeiros e princípios para uma nova cultura administrativa", para contribuir com ideias para o novo acordo de coligação pretendido ou mesmo com ministros. Segundo Remkes, o convite é sério e bem intencionado, mas que "poderá nem ser usado no final", segundo o negociador.

Esta semana, Remkes ainda estudava a opção de um governo extra-parlamentar. Embora diferentes variações desse governo estivessem em cima da mesa, ficou claro na quarta-feira que apenas o líder do ChristenUnie, Gert-Jan Segers, apoiava a opção de fornecer ministros. Os partidos PvdA, GroenLinks, Volt, SGP e Fraction Den Haan não se interessaram por essa opção, escreve Remkes no seu relatório final.

Em resposta às conclusões de Remkes, Ploumen disse que o seu partido "não tem nenhum papel na formação deste governo (VVD, D66, CDA e CU). Nem nas negociações, nem na entrega de ministros para o governo".

Klaver também anunciou via Twitter que não pretende fornecer ministros "a um governo de direita". "Deixe-me ser claro novamente: para nós é sobre o conteúdo, não sobre os números." Ambos os líderes partidários não aceitam o convite para fazer parte do governo.

 

Portugueses na Holanda sempre informou a sua comunidade gratuitamente e sempre o irá fazer no futuro.
Mas o futuro coloca também desafios, que só com a ajuda dos nossos leitores, conseguem ser superados.
Iniciamos assim a subscrição de apoiantes da nossa plataforma, onde por um pagamento mensal recorrente podem apoiar o crescimento desta plataforma. Esse pagamento poderá ser cancelado sempre que quiserem.