Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Portugueses na Holanda

O principal meio de informação em português na Holanda. Notícias, informação e ponto de encontro da comunidade portuguesa.

Portugueses na Holanda

O principal meio de informação em português na Holanda. Notícias, informação e ponto de encontro da comunidade portuguesa.

Ponte em Rotterdam no Caminho do Novo Mega Iate de Jeff Bezos

Imagem de Mark de Rooij via Pixabay

Jeff Bezos, ex-CEO da Amazon e uma das pessoas mais ricas do mundo, está a construir um mega iate nos estaleiros Oceanco em Alblasserdam, Rotterdam. A construção do super luxuoso iate está estimada em 430 milhões de euros e será o maior iate do Mundo. Mas há agora um grande problema a resolver e que já provocou protestos na cidade.

 

Os estaleiros navais Oceanco, conhecidos por construções semelhantes, construíram a embarcação com 127 metros de comprimento e vários mastros praticamente em segredo. O iate poderá ser movido à vela com a ajuda do vento. E aqui reside o grande problema.

A Koningshavenbrug, ou "De Hef" (foto acima), em Rotterdam, terá que ser desmontada, porque o novo iate de Jeff Bezos não consegue passar sob a icónica ponte. O município de Rotterdam terá que quebrar assim a promessa feita após a sua renovação em 2017, de que a ponte nunca mais seria desmantelada.

A antiga ponte ferroviária De Hef tem uma altura livre de 40 metros para passagem de embarcações de todo o tipo, inclusive de grandes gruas fluviais, mas o novo iate é maior do que o permitido pela ponte. O construtor naval já pediu ao município de Rotterdam a autorização para a remoção da secção central da ponte. Oceanco e Bezos pagarão as despesas, informa a agência de notícias regional Rijnmond.

O município decidirá se e quando a remoção poderá ocorrer, diz um porta-voz do Stadsontwikkeling Rotterdam. A remoção da secção central da ponte poderá ocorrer no período do Verão de 2022.

Após uma grande reforma em 2017, em que a ponte foi desmantelada para renovação, o município de Rotterdam prometeu que a ponte nunca mais seria desmontada, mas parece que agora terá de falhar na promessa, pois os planos de desmantelamento estão novamente em cima da mesa.

"Essa promessa não foi sólida, foi uma forma de dizer", diz o porta-voz. Segundo o líder do projecto, Marcel Walravens, a ideia de terminar o iate depois de passar a "De Hef" é "impraticável e para além disso, é um projecto importante em termos de economia e emprego para a região".

Monumento

Após a sua desactivação em 1993, a "De Hef" tornou-se um monumento nacional. Isso significa que qualquer intervenção na ponte não pode ser realizada facilmente, devido às leis de protecção de monumentos. A retirada temporária da peça central é vista como uma mudança desnecessária o que já levou a fortes criticas e protestos no município.

"De Hef" foi projectada pelo engenheiro Pieter Joosting e inaugurada a 31 de Outubro de 1927. Fazia a ligação ferroviária da linha Breda - Rotterdam. A infra-estrutura sofreu danos sérios no bombardeamento de Rotterdam a 14 de Maio de 1940, mas foi uma das primeiras renovações após o término da Segunda Guerra Mundial. Com a entrada em funcionamento do túnel ferroviário em 1993, a utilidade da ponte desapareceu e com planos para a sua demolição, uma forte oposição levou a ser considerada um monumento nacional em 1994.

 

Portugueses na Holanda sempre informou a sua comunidade gratuitamente e sempre o irá fazer no futuro.
Mas o futuro coloca também desafios, que só com a ajuda dos nossos leitores, conseguem ser superados.
Iniciamos assim a subscrição de apoiantes, onde por um pagamento mensal recorrente podem apoiar o crescimento desta plataforma. Esse pagamento poderá ser cancelado sempre que quiserem.