Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Portugueses na Holanda

O principal meio de informação em português na Holanda. Notícias, informação e ponto de encontro da comunidade portuguesa.

Portugueses na Holanda

O principal meio de informação em português na Holanda. Notícias, informação e ponto de encontro da comunidade portuguesa.

Pequeno Relaxamento do Confinamento nos Países Baixos

Imagem de un-perfekt por Pixabay

 

Mesmo com o conselho negativo dos especialistas e do RIVM, que já avisou que esta subida que se verifica há duas semanas, poderá ser o inicio da terceira vaga de coronavírus, agravada por ser predominantemente com a nova variante britânica, o governo quer assumir o risco de um pequeno relaxamento de medidas. Mais riscos devem ser assumidos por causa das consequências psicológicas e sociais das medidas que restringem a liberdade e movimento. Estas são as medidas que mudam no início de Março.

Durante a conferência de imprensa dada pelo Primeiro Ministro Mark Rutte e Ministro da Saúde Hugo de Jonge, estas foram as medidas de relaxamento que deram a conhecer e que ficarão em vigor de 2 a 15 de Março.

  • Ensino MBO e VMBO

Na próxima segunda-feira, as escolas secundárias e as instituições de ensino secundário profissional podem voltar a abrir parcialmente as suas portas.

Os alunos podem ir à escola pelo menos um dia por semana, mas dependendo da escola e das suas condições, a frequência poderá ser maior.

Os alunos devem manter a distância de 1,5 metros entre si, com excepção do ensino secundário especial. Os alunos devem usar máscaras e horários de início, término e pausa escalados.

Tal como no ensino básico, uma turma inteira, incluindo o professor, deve ser colocada em quarentena de 10 dias no caso de um aluno ou professor acusar positivo para o coronavírus. Após cinco dias, poderá ser realizado novo teste. Em caso negativo, poderá ser terminada a quarentena.

  • Profissões de Contacto

As profissões de contacto também podem reabrir seus negócios a partir de 3 de Março. Isso significa que cabeleireiros, instrutores de condução e massagistas, por exemplo, podem voltar ao trabalho.

Os clientes devem marcar hora e não apresentar sintomas. O uso de máscara de protecção também é obrigatório.

As aulas de condução e os exames práticos podem ser retomados. Ainda não é claro como os exames teóricos podem ser administrados com segurança.

Deste grupo, apenas a indústria do sexo não tem autorização de retoma de actividade.

  • Comércio Não Essencial

A partir de 3 de Março, as lojas também podem abrir as portas mais um pouco. Para além do ´Click and Collect´ os clientes podem também frequentar o estabelecimento com hora marcada para fazer compras. Isso requer uma marcação com. pelo menos, quatro horas de antecedência.

Um máximo de dois clientes podem estar na loja ao mesmo tempo. Cada cliente terá no mínimo dez minutos para evitar contactos entre clientes. Há também o dever de máscara facial nas lojas e as demais medidas básicas como manter uma distância de 1,5 metros e ficar em casa em caso de sintomas ou positivo para coronavírus.

  • Desporto

Os jovens até aos 26 anos, inclusive, podem voltar a fazer exercício ao ar livre em recintos desportivos ao ar livre a partir de 3 de Março e não têm de observar a distância de 1,5 metros durante a prática desportiva.

Isso só é permitido com membros da mesma equipa e partidas contra outras equipas ou clubes não são permitidas.

As cantinas permanecerão fechadas, assim como os vestiários e chuveiros.

  • Recolher Obrigatório

O recolher obrigatório foi prolongado até segunda-feira, 15 de Março. Isso significa que não é permitida a permanência na via pública entre 21.00h e as 4.30h sem justificação.

Sem a devida declaração que justifique a sua presença na via pública, poderá ser autuado em 95 euros.

  • Quarentena e Comportamento

A medida de quarentena permanece para já como um urgente conselho. A lei para determinar a obrigação de quarentena "deverá estar pronta em Março", disse o Ministro da Saúde Hugo de Jonge.

Já o Primeiro Ministro Mark Rutte pediu para que todos seguissem as regras básicas, como o distanciamento social de 1,5 metros, o uso de máscara e a lavagem das mão frequentemente. O comportamento de cada um de nós determinará se as medidas podem ou não ser mais relaxadas. "Se testar positivo. Fique em casa. Não há passear o cão nem idas ao supermercado. Se tiver sintomas, fique em casa e faça um teste. Não saia sem saber o resultado", disse Rutte no decorrer da conferência de imprensa.