Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Portugueses na Holanda

O principal meio de informação em português na Holanda. Notícias, informação e ponto de encontro da comunidade portuguesa.

Portugueses na Holanda

O principal meio de informação em português na Holanda. Notícias, informação e ponto de encontro da comunidade portuguesa.

O Rescaldo de Uma Noite de Tumultos em Rotterdam

Imagem NOS

 

A polícia foi obrigada a dar tiros de advertência e tiros direccionados a manifestantes durante os tumultos na Coolsingel em Rotterdam na noite de sexta-feira. Pelo menos sete pessoas ficaram feridas no tiroteio, incluindo agentes da autoridade, confirmou a Polícia. Os distúrbios começaram durante uma manifestação contra os planos do governo para a implementação de uma política 2G. A polícia fez pelo menos 20 detenções, mas espera que o número aumente durante o fim de semana.

 

Um porta-voz da polícia de Rotterdam não teve nenhuma informação adicional no sábado sobre a condição dos feridos e o número exacto de feridos. A polícia ainda está a realizar um inventário dos acontecimentos.

O burgomestre Ahmed Aboutaleb considerou os eventos de "uma orgia de violência" no centro durante a conferência de imprensa inserida no triângulo de segurança de Rotterdam (município, polícia e Ministério Público). O burgomestre disse que a polícia retomou "de volta o poder" no centro da cidade, onde centenas de pessoas se reuniram na noite de sexta-feira para protestar contra a chamada política 2G que o governo procura implementar. A política 2G prevê a entrada na restauração, comércio, cultura e desporto, apenas se estiverem vacinadas ou recuperadas da covid-19. Os testes negativos deixam de ser válidos para esse efeito.

De acordo com a polícia, um grupo de cerca de cem pessoas comportou-se de tal forma que o ambiente ficou "sombrio" e perigoso. Mais tarde, o grupo teria crescido para centenas de indivíduos.

Em várias ocasiões, segundo a polícia, a situação era tão perigosa e ameaçadora que os agentes se sentiram obrigados, depois de já terem disparado tiros de advertência, a voltar a disparar contra alguns manifestantes. Mais tarde, de acordo com a polícia, o município deu permissão para usar o canhão de água.

Mais Detenções Devem Ocorrer no Fim de Semana

"Vamos investigar exactamente o que aconteceu", disse o promotor público-chefe de Rotterdam, Hugo Hillenaar, que acrescentou que mais prisões são esperadas. Haverá uma grande investigação sobre os distúrbios e também sobre as acções da polícia, de acordo com o triângulo de segurança.

Um estado de emergência esteve em vigor no centro de Rotterdam até as 4h30 de sábado. Durante os distúrbios, carrinhas da polícia foram atingidas, carros da polícia foram incendiados, fogos de artifício pesados foram disparados e vandalismo foi perpetrado na rua.

O ministro de Justiça e Segurança, Ferd Grapperhaus, condena os distúrbios, disse ele num comunicado no sábado. O ministro anunciou que os suspeitos terão que lidar com justiça sumária. Grapperhaus também prevê que mais prisões se seguirão nos próximos dias.

Vários Grupos Presentes

A Rijnmond relata que um jornalista foi agredido com violência e a sua câmara destruída. De acordo com a emissora local, vários grupos estavam activos, incluindo os grupo de protesto Feyenoord City e dos trabalhadores do Port of Rotterdam, Dockers United.

Aboutaleb não quis comentar a composição dos grupos durante a conferência de imprensa. O triângulo de segurança diz que ainda não tem uma imagem concreta de como e quem eram os grupos de manifestantes. No entanto, o burgomestre condenou a violência contra o jornalista.

A polícia fechou a Rotterdam Centraal e a Blaak. Várias estações de metro permaneceram igualmente encerradas. Os serviços de comboios e metros de e para Rotterdam foram retomados após a meia-noite.

 

Portugueses na Holanda sempre informou a sua comunidade gratuitamente e sempre o irá fazer no futuro.
Mas o futuro coloca também desafios, que só com a ajuda dos nossos leitores, conseguem ser superados.
Iniciamos assim a subscrição de apoiantes, onde por um pagamento mensal recorrente podem apoiar o crescimento desta plataforma. Esse pagamento poderá ser cancelado sempre que quiserem.