Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Portugueses na Holanda

O principal meio de informação em português na Holanda. Notícias, informação e ponto de encontro da comunidade portuguesa.

Portugueses na Holanda

O principal meio de informação em português na Holanda. Notícias, informação e ponto de encontro da comunidade portuguesa.

Meta de 6 de Junho Para Apresentação de Governo Parece Não Chegar

Imagem de Husky via (CC BY 4.0)

 

A complexidade da política holandesa é exigente. Lilianne Ploumen (PvdA) e Jesse Klaver (GroenLinks) acreditam que o líder do CDA, Wopke Hoekstra, está a impedir a formação de um novo governo por dizer que não quer negociar com os dois partidos de esquerda. O objectivo da negociadora Mariëtte Hamer em apresentar uma proposta de coligação governativa até 6 de Junho, parece ser agora muito difícil.

 

"Pare com essas fintas, pare de dizer apenas não", Ploumen respondeu na quinta-feira às declarações de Hoekstra. O líder do CDA acredita que a coligação proposta pela líder do D66, Sigrid Kaag, que engloba os partidos VVD, D66, CDA, PvdA e GroenLink, contém um partido de esquerda a mais. "A diferença política, tanto com o PvdA como com o GroenLinks, é muito grande, mais ainda com esses partidos juntos", disse Hoekstra na terça-feira.

Não é necessário que ambos os partidos façam parte da coligação para alcançar a maioria na Câmara dos Deputados. Para obter uma maioria no Senado, sim, mas isso não é uma exigência para a maioria.

Klaver concordou com as palavras de Ploumen após a sua conversa com a negociadora na quinta-feira. Desde o período da campanha, os dois líderes de grupo têm-se ajudado. "Dizer neste momento que você acha que os partidos de esquerda são demais não é o apropriado neste momento. Não podemos resolver isto estando sempre a dizer o que você não quer", disse o líder da GroenLinks.

Negociação Precisa de Mais Tempo

Embora a questão "quem quer e com quem" pareça central, esta não foi colocada pela negociadora na quinta-feira. “Vimos quais são as possibilidades de continuar com o conteúdo”, diz Kaag. A líder do D66, tal como Gert-Jan Segers (ChristenUnie - CU), Klaver e Ploumen, vieram falar com Hamer sozinhos.

Hoekstra prefere ver uma colaboração com VVD, D66 e CU, mas Segers quer ficar fora. Ele disse mais uma vez que o seu partido é apenas o décimo em termos de lugares na Câmara e não será ainda a sua vez neste momento. No entanto, o líder da CU não parece descartar a participação nas negociações da coligação.

Você tem que começar do topo e a primeira responsabilidade recai sobre os maiores partidos. Você então tem que ir para baixo e aí você percebe que eles virão até nós”, disse Segers.

Não é ainda certo como Hamer continuará com a sua missão, agora que a formação do novo governo estagnou novamente. Uma reunião com o líder do VVD Mark Rutte e Kaag está na agenda para o dia de amanhã, sexta-feira. Após o encontro, ela deverá então perguntar à Câmara dos Deputados por mais tempo para as negociações.

 

Portugueses na Holanda sempre informou a sua comunidade gratuitamente e sempre o irá fazer no futuro.
Mas o futuro coloca também desafios, que só com a ajuda dos nossos leitores, conseguem ser superados.
Iniciamos assim a subscrição de apoiantes da nossa plataforma, onde por um pagamento mensal recorrente podem apoiar o crescimento desta plataforma. Esse pagamento poderá ser cancelado sempre que quiserem.