Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Portugueses na Holanda

O principal meio de informação em português na Holanda. Notícias, informação e ponto de encontro da comunidade portuguesa.

Portugueses na Holanda

O principal meio de informação em português na Holanda. Notícias, informação e ponto de encontro da comunidade portuguesa.

Governo Prepara Vacinação a Crianças a Partir dos 12 Anos

Imagem de Wokandapix por Pixabay

 

O governo é favorável à vacinação de crianças de 12 a 17 anos contra o covid-19. Até agora, apenas adultos e crianças com indicação médica estão a ser vacinados. "Ajuda se você vacinar jovens de 12 a 18 anos", disse o ministro da saúde, Hugo De Jonge, antes do debate parlamentar sobre os desenvolvimentos em torno da pandemia. "É possível e é seguro."

 

O Outbreak Management Team (OMT), o quadro de especialistas que aconselham o governo durante a pandemia, descreveu na semana passada a utilidade de expandir o programa de vacinação. Se o governo decidir vacinar os jovens dos 12 aos 17 anos antes do final do verão, isso reduzirá o número de reprodução (R), entre 15 e 20 por cento. Se apenas adultos receberem a vacina, o R permaneceria perto de 1 no outono.

Além da protecção individual e de um efeito benéfico sobre o R, isso reduzirá a possibilidade de as escolas terem de ser (parcialmente) fechadas novamente no outono para a educação física em caso de infecções na sala de aula”, relata a OMT.

O governo já levou isso em consideração na hora de comprar as vacinas. A quantidade de vacinas para 2022 e 2023 é grande o suficiente para vacinar toda a população com mais de 12 anos. A totalidade das encomendas de vacinas é de 30 milhões de doses, o suficiente para cerca de 15 milhões de pessoas.

Na Holanda, existem quase 1,2 milhões de crianças entre os 12 e 17 anos. Ao ritmo actual, a vacinação das crianças está prevista para começar no final de Agosto.

Parecer do Conselho de Saúde

De Jonge aguarda ainda o parecer do Gezondheidsraad - Conselho de Saúde - a esse respeito, principalmente pelas possíveis objecções éticas. As crianças geralmente não ficam doentes com o covid-19, embora a carga da doença varie por faixa etária. De acordo com a OMT, o covid-19 é comparável à gripe comum para adolescentes mais jovens saudáveis. É um dilema para a comunicação: como convencer as pessoas a se deixarem vacinar contra um vírus que não as deixa tão doentes?

A vacina da Pfizer é aprovada pela Agência Europeia de Medicamentos (EMA) para crianças a partir dos 12 anos de idade. A Pfizer tem um efeito colateral muito raro que ocorre principalmente em pessoas entre 18 e 30 anos: miocardite, um músculo cardíaco inflamado, uma maleita que as pessoas também podem contrair com o covid-19. De acordo com o Instituto Americano de Saúde (FDA), as vantagens da vacinação superam as desvantagens. Além dos EUA, as crianças também estão a ser vacinadas contra o covid-19 no Canadá, Polónia e Alemanha.

A vacinação é um ato médico voluntário que exige o consentimento dos pais e, a partir dos 12 anos, também da criança. A partir dos 16 anos, os jovens podem decidir por si próprios se querem a vacina.

 

Portugueses na Holanda sempre informou a sua comunidade gratuitamente e sempre o irá fazer no futuro.
Mas o futuro coloca também desafios, que só com a ajuda dos nossos leitores, conseguem ser superados.
Iniciamos assim a subscrição de apoiantes da nossa plataforma, onde por um pagamento mensal recorrente podem apoiar o crescimento desta plataforma. Esse pagamento poderá ser cancelado sempre que quiserem.