Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Portugueses na Holanda

O principal meio de informação em português na Holanda. Notícias, informação e ponto de encontro da comunidade portuguesa.

Portugueses na Holanda

O principal meio de informação em português na Holanda. Notícias, informação e ponto de encontro da comunidade portuguesa.

Governo Muda Política de Testes ao Covid-19.

Imagem de TomCam por Pixabay

 

Num comunicado divulgado na noite de quinta-feira, o governo holandês anunciou que qualquer pessoa com sintomas leves de covid-19, como corrimento nasal ou dor de garganta, poderá fazer um auto-teste rápido da farmácia em vez de marcar uma consulta para um PCR no GGD. Uma medida que os médicos não entendem e que os preocupa na eficácia.

 

Durante quase ano e meio, as pessoas na Holanda foram aconselhadas, sempre que apresentassem sintomas à covid-19, deveriam realizar um teste com a GGD. Agora, seguindo um novo conselho da Equipa de Gerenciamento de Surtos (OMT), o governo holandês actualizou a sua política, dizendo que “os auto-testes também são adequados para uso em pessoas com sintomas relacionados ao coronavírus”.

O governo enfatizou que os auto-testes só podem ser usados como substitutos dos testes de GGD entre pessoas que não são consideradas clinicamente vulneráveis ​​e que não apresentam sintomas graves como a perda de paladar ou olfacto e dificuldades respiratórias. Isso também se aplica a qualquer pessoa que tenha contacto regular com pessoas idosas ou vulneráveis, em especial aqueles que trabalham no sistema de saúde ou prestação de serviços à terceira idade.

Se o auto-teste for positivo, deverá aí agendar um teste com o GGD para confirmar o resultado. Os testes disponibilizados pelo GGD também são necessários se quiser obter o certificado de recuperação ou em alguns casos, se quiser encerrar a quarentena obrigatória após apenas cinco dias. Se o teste for negativo, mas os sintomas piorarem, é igualmente aconselhável marcar uma consulta com o GGD.

Médicos Especialistas Preocupados Com a Nova Política de Testes

O Ministro da Saúde, Hugo de Jonge, espera que a nova política seja encorajadora de mais pessoas a fazer o teste para o covid-19 e aconselhou sempre a manter alguns auto-testes em casa: “Uma grande vantagem do auto-teste é que você pode-o fazer a qualquer momento e que tem os resultados imediatamente. Isso torna ainda mais fácil a despistagem ao covid-19.

Embora o ministro da saúde pareça entusiasmado, outros estão preocupados que essa nova política possa fazer com que o governo e o GGD percam o controle do vírus. Médicos e virologistas também alertam que os auto-testes são significativamente menos sensíveis do que os testes de PCR usados pelo GGD e, portanto, são mais propensos a relatar falsos negativos - especialmente entre pessoas que sofrem apenas de sintomas leves.

Marino van Zelst, especialista em doenças infecciosas da Universidade de Wageningen, destacou no Twitter que a nova variante Omicron só poderia ser detectada pelos testes usados pelo GGD, chamando o momento da mudança de política do governo “um pouco ... imprudente."

 

Portugueses na Holanda sempre informou a sua comunidade gratuitamente e sempre o irá fazer no futuro.
Mas o futuro coloca também desafios, que só com a ajuda dos nossos leitores, conseguem ser superados.
Iniciamos assim a subscrição de apoiantes, onde por um pagamento mensal recorrente podem apoiar o crescimento desta plataforma. Esse pagamento poderá ser cancelado sempre que quiserem.