Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Portugueses na Holanda

O principal meio de informação em português na Holanda. Notícias, informação e ponto de encontro da comunidade portuguesa.

Portugueses na Holanda

O principal meio de informação em português na Holanda. Notícias, informação e ponto de encontro da comunidade portuguesa.

Extensão do Confinamento nos Países Baixos

covid19-4954469_1920.jpg

 

Não havia outra escolha. A Holanda permanecerá confinada até pelo menos 9 de Fevereiro. "Todos vão entender que não há outra escolha. Os números não baixam o suficiente e estamos muito preocupados com a variante britânica." O confinamento na Holanda fica assim em vigor até 9 de Fevereiro.

Assim iniciou o Primeiro Ministro Mark Rutte hoje, durante a conferência de imprensa sobre o confinamento que o país atravessa no momento. Já o Ministro da Saúde Hugo de Jonge disse esperar que "toda a Holanda" seja vacinada até ao Outono. A vacinação do pessoal das casas da terceira idade pode começar mais cedo do que o esperado. 

Negócios e Restauração

Segundo Rutte, haverá apoio extra para as empresas. "Não podemos tirar toda a dor dos empresários. É importante que consigamos  manter o máximo de empregos durante a crise". O primeiro-ministro quer "alcançar a linha de chegada juntos". Para amenizar o golpe para os empresários, o governo trabalha na ampliação do pacote de apoio económico. Com excepção de supermercados e outros locais previstos, cafés, restaurantes, cabeleireiros e outras profissões de contacto, permanecem encerradas mais três semanas, para além de 19 de Janeiro.

Educação

Na educação, nada vai mudar por enquanto, mas o governo vai investigar se as escolas primárias e creches podem ser reabertas mais cedo a 25 de Janeiro. Segundo Rutte, o encerramento das escolas causa muitos problemas. "Especialmente para crianças vulneráveis, para as quais existe o risco de desvantagem de aprendizagem. "Portanto, queremos ver se as escolas primárias e creches podem abrir mais cedo do que no final do bloqueio." 

Para que isso aconteça, esperam estudos mais conclusivos sobre a transmissão da nova variante do vírus nas crianças. Ainda há muita incerteza sobre a variante britânica do vírus que se instalou na região de Rotterdam. O governo quer estudar mais este surto antes de decidir reabrir as escolas primárias e creches.

Viagens ao Estrangeiro

Não as realize, a não ser que seja absolutamente necessário. "Não faça nem reserve viagens até Março", disse explicitamente Rutte.

Alargamento das Medidas

A mutação do vírus descoberta no Reino Unido traz muitas preocupações. Testes em grande escala serão realizados em Dronten, Bunschoten e no distrito de Charlois em Rotterdam. Os residentes, mesmo que não tenham queixas também podem fazer o teste. Ontem o mesmo foi definido para o município de Lansingerland, onde foi detectado um surto desta nova variante.

O primeiro-ministro acredita que o recolher obrigatório é um meio eficaz de evitar visitas domiciliares. Ele quer levar esta possibilidade a sério. "Ao mesmo tempo, tal medida drástica deve ser considerada seriamente. É por isso que pedimos conselhos e alternativas à Outbreak Management Team" (OMT - Equipa de especialistas que aconselha o governo). Há uma forte oposição ao recolher obrigatório por parte dos municípios, polícia e mesmo dentro da coligação que governa o país.