Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Portugueses na Holanda

O principal meio de informação em português na Holanda. Notícias, informação e ponto de encontro da comunidade portuguesa.

Portugueses na Holanda

O principal meio de informação em português na Holanda. Notícias, informação e ponto de encontro da comunidade portuguesa.

Eventos Teste - Funcionário Fieldlab Teste Positivo Depois de Evento

Imagem de 정훈 김 por Pixabay

 

O Fieldlab está a investigar, com a permissão do governo, uma série de oito eventos em que como eles podem ser organizados com segurança. Depois de uma conferência no fim de semana passado, seguiram-se uma peça de teatro e uma partida de futebol neste fim de semana. Mais dois eventos acontecerão mais tarde no Ziggo Dome e em Biddinghuizen. Um funcionário da Fieldlab Evenementen acusou positivo depois do primeiro evento. A grande dúvida é se a pessoa em questão contagiou outros participantes durante o primeiro evento no Jaarbeurs em Utrecht, na última segunda-feira.

De acordo com o porta-voz Tim Boersma da Fieldlab Evenementen, a pessoa infectada fez um teste negativo no sábado antes do congresso da Jaarbeurs, mas a contaminação ocorreu posteriormente antes desse congresso. Na semana passada, surgiram reclamações já depois do funcionário ter acusado positivo.

A contaminação ficou aparente no último sábado. Um repórter do Telegraaf recebeu um aviso da aplicação Coronamelder informando que cinco dias antes ele esteve em contacto por mais de 15 minutos com alguém que testou positivo para SARS-COV-2. Esse aviso referia-se a esse evento de segunda-feira, dia que o repórter esteve presente em trabalho no local. O repórter testou entretanto negativo.

Após um telefonema com a organização, foi confirmado que um funcionário está infectado. A organização não quer dizer de quem é, nem mesmo se se trata de um homem ou de uma mulher. Resta saber se a pessoa em questão já era contagiosa em Utrecht.

Eventos Teste

Os visitantes devem fazer um teste negativo antes e depois do evento. O pré-teste ocorre 48 horas antes da admissão. Na segunda-feira, quinhentas pessoas reuniram-se no edifício Beatrix no Jaarbeurs em Utrecht para uma conferência. O uso de máscara não era obrigatório na zona de entrada, mas na sala onde ocorreu o evento teste, o seu uso era mandatório. Câmaras registaram o comportamento dos participantes e a temperatura foi medida antes da entrada na sala de eventos. O funcionário infectado diz que se manteve a um metro e meio de distância de todos os visitantes da conferência e sempre usou máscara de protecção.

Várias pessoas que pretendiam participar no evento deram positivo e a sua participação não foi aceite. O funcionário que agora está infectado, porém, realizou um teste que deu negativo. Aos participantes é solicitado um novo teste cinco dias após a participação do evento.

"Não sabemos se todo mundo vai fazer isso", disse Boersma. Na segunda-feira, a entidade espera ter mais informação e resultados. Para além do repórter, um outro funcionário do evento também recebeu um aviso da aplicação Coronamelder no sábado. Essa pessoa também já testou negativo.

Um teste positivo em outra pessoa presente não precisa ser necessariamente rastreável até ao funcionário infectado, embora seja uma indicação forte. Se vários testes positivos forem feitos por visitantes e funcionários do evento, a organização usará o sequenciamento genético para verificar se o material genético do vírus é o mesmo.

Em caso afirmativo, é sinal de que a contaminação ocorreu no evento. Se o material genético for diferente, as infecções ocorreram em outro lugar.

Questionado sobre as consequências da investigação, Boersma afirma que não há. “Fazemos pesquisas comportamentais, não pesquisas médicas. Isso significa que continuaremos com a configuração actual, também para os próximos eventos.