Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Portugueses na Holanda

O principal meio de informação em português na Holanda. Notícias, informação e ponto de encontro da comunidade portuguesa.

Portugueses na Holanda

O principal meio de informação em português na Holanda. Notícias, informação e ponto de encontro da comunidade portuguesa.

Corte da A2 Entre Breukelen e Maarssen Deveu-se a Uma Situação Suspeita Contra Jornalista Sob Protecção

Imagem de Alain Heeren via NOS

 

O repórter criminal e jornalista John van den Heuvel declarou que passou por uma situação suspeita nos arredores de Amsterdam na quinta-feira e que foi o motivo do encerramento temporário da A2. Imediatamente após o incidente suspeito, os seguranças com os quais o jornalista estava sob protecção, iniciaram o chamado protocolo de precaução. Medidas de segurança adicionais foram então tomadas.

 

Van den Heuvel diz que está feliz que os seus "seguranças sejam astutos e actuem de forma adequada".

A polícia está a investigar o incidente e tenho plena confiança de que isso está a ser feito de maneira adequada”, disse o repórter criminal e jornalista.

Fontes policiais dizem ao AD que Van den Heuvel pode ter sido seguido. Além de um Audi RS3, várias motas de grande cilindrada também teriam sido vistas na A2, ao que parece, a seguir o veículo onde seguia o jornalista e repórter criminal. Após uma perseguição, agentes pararam o carro e prenderam um suspeito, informou a polícia via Twitter. Segundo outra fonte policial, o detido é alguém com antecedentes criminais.

Segundo o jornal, Van den Heuvel foi transferido por um helicóptero da polícia para a sede da Unidade Nacional da Polícia em Driebergen, que era o local mais adequado na altura por motivos de segurança. O local contou igualmente com um dispositivo de segurança aumentado por uma hora e meia, usando-se agentes em colete à prova de bala e fortemente armados no perímetro do edifício. O dispositivo de segurança foi entretanto suspenso, disse um porta-voz da polícia.

A A2 entre Breukelen e Maarssen foi temporariamente encerrada em ambas as direcções na quinta-feira por volta das 13h devido a uma acção policial. O incidente causou um engarrafamento gigantesco na principal auto-estrada do país. De acordo com informações de trânsito da ANWB, o atraso entre Amsterdam e Utrecht no início da tarde foi de uma hora e meia. A estrada foi reaberta em ambas as direcções pouco depois das 15h.

Van den Heuvel, que trabalha para o De Telegraaf, foi ameaçado constantemente por causa do seu trabalho como repórter criminal. Em 2017, apresentou queixa contra o moto-clube No Surrender por ter dirigido ameaças. No final de 2018, o perigo de um atentado contra a sua vida era tão sério que ficou três meses sem trabalhar no RTL Boulevard , onde explica casos criminais. Também após o assassinato do seu colega jornalista Peter R. de Vries em Julho de 2021, ele teve de ficar algum tempo sem aparecer no programa.

 

Portugueses na Holanda sempre informou a sua comunidade gratuitamente e sempre o irá fazer no futuro.
Mas o futuro coloca também desafios, que só com a ajuda dos nossos leitores, conseguem ser superados.
Iniciamos assim a subscrição de apoiantes, onde por um pagamento mensal recorrente podem apoiar o crescimento desta plataforma. Esse pagamento poderá ser cancelado sempre que quiserem.