Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Portugueses na Holanda

O principal meio de informação em português na Holanda. Notícias, informação e ponto de encontro da comunidade portuguesa.

Portugueses na Holanda

O principal meio de informação em português na Holanda. Notícias, informação e ponto de encontro da comunidade portuguesa.

Chamada de Atenção ao Nosso Comportamento Pelo Ministro da Saúde

Imagem de Parentingupstream por Pixabay

 

O ministro da saúde, Hugo de Jonge, alertou hoje que "o primeiro passo do desconfinamento" significou para as pessoas que as medidas corona não são para serem levadas tão a sério. Com essas atitudes, segundo o ministro, levará muito mais tempo para que o número de pacientes corona nos hospitais diminua, ponto chave para permitir mais reabertura.

 

"Primeiro temos que ver uma diminuição e, se quisermos alcança-lo, teremos que garantir que o nosso comportamento não seja irresponsável", disse De Jonge na terça-feira em Sittard, durante uma visita o hospital de Zuyderland.

Segundo o ministro, as coisas ainda "não vão bem". "Estamos a ultrapassar o pico nos hospitais, mas eles ainda estão muito cheios." o ministro apontou para os mais de 170.000 casos activos na Holanda. De acordo com De Jonge, a probabilidade de se encontrar uma pessoa infectada na Holanda é "considerável".

É por isso que temos que ter cuidado”, disse o ministro. O que ele viu no Dia do Rei e nas movimentadas ruas comerciais não é um bom exemplo. "O desconfinamento fica assim problemático e o risco é que assim se demore mais tempo para voltarmos ao velho normal."

No mês passado, De Jonge recebeu uma carta urgente de Zuyderland sobre a política de vacinação. A vacinação não foi rápida o suficiente, considerou o hospital. Também foi um contratempo que os profissionais de saúde não pudessem ser vacinados com a vacina AstraZeneca, porque foi decidido administrar a vacina apenas a pessoas com mais de 60 anos. Efeitos colaterais raros em sessenta pessoas foram a razão para esta decisão. Mas, segundo o ministro, o programa de vacinação não atrasou.

De Jonge diz que entende as emoções descritas na carta. “Os hospitais estão ocupados e cheios ​​há mais de um ano e os profissionais de saúde aguardam há muito tempo por uma vacina”. Ele ressalta que até o final desta semana todos os hospitais receberão as vacinas para todos os funcionários que trabalhem em contacto directo com pacientes covid-19. A nível nacional, isso já aconteceu a cerca de 35.000 profissionais de saúde. No início deste ano, 40 mil vacinas foram destinadas aos profissionais de saúde.

 

Portugueses na Holanda sempre informaram a sua comunidade gratuitamente e sempre o irá fazer no futuro.
Mas o futuro coloca também desafios, que só com a ajuda dos nossos leitores, conseguem ser superados.
Iniciamos assim a subscrição da nossa plataforma, onde por um pagamento mensal recorrente podem apoiar o crescimento desta plataforma. Esse pagamento poderá ser cancelado sempre que quiserem.
 
Clique em 

Apoie Portugueses na Holanda e receba vantagens exclusivas

para apoiar.

E receba vantagens e descontos exclusivos.