Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Portugueses na Holanda

O principal meio de informação em português na Holanda. Notícias, informação e ponto de encontro da comunidade portuguesa.

Portugueses na Holanda

O principal meio de informação em português na Holanda. Notícias, informação e ponto de encontro da comunidade portuguesa.

Cada Vez Mais Dados Usados Na Holanda

Imagem de PawinG por Pixabay

No segundo trimestre deste ano, a Holanda consumiu coletivamente 403 milhões de gigabytes de dados móveis. Foram 15 por cento a mais do que no trimestre anterior. É a informação dada pela Autoridade Holandesa para Consumidores e Mercados (ACM) através do seu Monitor de Telecomunicações.
 
 

O consumo de dados móveis está a aumentar porque os consumidores optam cada vez mais por uma assinatura apenas com internet, já que se pode ligar por meio de aplicativos de chamada e mensagem, como o WhatsApp. A chamada telefónica é então realizada através da ligação à Internet móvel. No segundo trimestre, dos 21,3 milhões de assinaturas, 895 mil continham apenas internet.

O facto de os consumidores utilizarem cada vez mais uma ligação à Internet móvel é também evidente pela diminuição do número de minutos de chamadas utilizados e mensagens de texto enviadas. No segundo trimestre, 10,4 mil milhões de minutos foram usados em chamadas. São 9 por cento menos do que no primeiro trimestre. O número de mensagens de texto enviadas caiu 5%, para 577 milhões.

De acordo com a ACM, o tráfego de dados móveis também cresce porque cada vez mais dispositivos inteligentes podem fazer uma conexão móvel para enviar informações. Exemplos incluem detetores de fumo inteligentes, sistemas de alarme e contadores de energia.

Existem agora mais de 14 milhões de conexões móveis para dispositivos inteligentes. No segundo trimestre, foram adicionados 570.000 desses dispositivos.

Fibra Distribuída De Forma Desigual

A ACM também publica no Telecommonitor os números das ligações à Internet para o lar. O regulador está preocupado porque a disponibilidade de fibra ainda está distribuída de forma desigual na Holanda. O problema não ocorre apenas em áreas rurais, mas também em áreas densamente povoadas na região da Randstad.

As diferenças por região surgiram porque a construção de uma rede de fibra ótica exige altos investimentos. As empresas de rede instalam fibra onde esperam poder recuperar esses investimentos. Em locais onde já existem outras redes rápidas, como o cabo de TV da Ziggo, há menos procura por fibra ótica.

Aliás, a ACM espera recuperar o atraso nos próximos anos. Segundo o regulador, há uma espécie de corrida entre as empresas de fibra ótica para serem as primeiras a conseguir fornecer fibra a um bairro ou local.

 

Portugueses na Holanda sempre informou a sua comunidade gratuitamente e sempre o irá fazer no futuro.

Mas o futuro coloca também desafios, que só com a ajuda dos nossos leitores, conseguem ser superados.
Iniciamos assim a subscrição de apoiantes, onde por um pagamento mensal recorrente podem apoiar o crescimento desta plataforma. Esse pagamento poderá ser cancelado sempre que quiserem.