Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Portugueses na Holanda

O principal meio de informação em português na Holanda. Notícias, informação e ponto de encontro da comunidade portuguesa.

Portugueses na Holanda

O principal meio de informação em português na Holanda. Notícias, informação e ponto de encontro da comunidade portuguesa.

Aprovada Nova Ajuda à Air France - KLM

Imagem de Thanks for your Like por Pixabay

 

A Comissão Europeia (CE) deu ao governo francês a aprovação final para fornecer à companhia aérea nacional Air France apoio financeiro adicional. Anunciou o Ministro das Finanças francês este domingo.

 

Embora o ministro Bruno Le Maire não dê detalhes sobre em que consiste o pacote de apoio, a agência de notícias Reuters informa que o pacote tem um valor de cerca de 3 mil milhões de euros. O auxílio estatal adicional deve aliviar o endividamento da empresa.

Em troca do auxílio, Bruxelas exige que a Air France ceda alguns dos chamados slots, ou lugares de parque no terminal no aeroporto de Orly, em Paris. Esse requisito não é novidade para as empresas de aviação. Por exemplo, a alemã Lufthansa teve que fazer o mesmo no ano passado em troca dos milhões de apoio do governo alemão. A empresa cedeu então 24 slots nos aeroportos de Munique e Frankfurt.

Ainda não se sabe se a empresa principal, Air France-KLM, concordará com a exigência da CE. De acordo com o ministro francês, o conselho da de directores da empresa irá reunir na segunda-feira para discutir e aprovar o pacote de ajuda. Segundo Le Maire, a empresa está disposta a ceder slots em troca de ajuda, mas não as 24 que foram inicialmente exigidas por Bruxelas.

A dívida da Air France-KLM aumentou em cerca de 5 mil milhões para 11 mil milhões de euros. A França e a Holanda, ambas com uma participação em cerca de 14% na combinação das companhias aéreas, já as ajudaram com 10,4 mil milhões de euros em empréstimos e garantia de crédito. Desse total, 3,4 mil milhões de euros vieram do governo holandês.

As companhias aéreas nacionais são vistas como empresas estrategicamente importantes para as economias holandesa e francesa. A Holanda anunciou anteriormente que ainda está em negociações com Bruxelas sobre as condições em que a KLM poderia receber apoio financeiro extra, caso venha a ser necessário.