Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Portugueses na Holanda

O principal meio de informação em português na Holanda. Notícias, informação e ponto de encontro da comunidade portuguesa.

Portugueses na Holanda

O principal meio de informação em português na Holanda. Notícias, informação e ponto de encontro da comunidade portuguesa.

A Mudança do Seguro de Saúde

 

Nunca é demais relembrar que o seguro de saúde pessoal é obrigatório para todos os maiores de 18 anos e que vivam na Holanda. E nunca é demais relembrar que é em Dezembro também que se pode contratar um novo seguro. Em Novembro, todas as seguradoras apresentam as suas apólices e preços para o ano seguinte e a partir daqui, temos toda a liberdade de comparar, escolher, anular o presente contrato e contratar um novo. Com isto, podemos poupar uns bons Euros no seguro ou ficar num com mais acessos a tratamentos hospitalares.

 

Construção de um Seguro de Saúde

Há três produtos que todas as seguradoras oferecem.

  • O seguro ou apólice básica. 

O conteúdo das apólices básicas são iguais em todas as seguradoras. O que muda é a forma de acesso. Algumas seguradoras fazem a restituição dos valores, depois de nós os pagarmos, outras pagam directamente aos prestadores de cuidados médicos.

Mesmo assim, alguns gastos caem no "eigen risico", uma franquia de 385 Euros em 2019. Um valor que pode ser aumentado mais 500 Euros, para 885 Euros voluntariamente, o que permite uma prestação mensal mais baixa. A contrapartida é que estes valores somos nós a pagar. Depois disso, passam a ser responsabilidade da própria seguradora.

Mas nem tudo pode entra para o "eigen risico". Há algumas excepções.

A saber algumas:

  • Médico de família
  • Obstetrícia e maternidade
  • Vacina da gripe para os grupos de risco
  • Rastreamento familiar (por exemplo, cancro da mama)
  • Seguro odontológico básico para os menores de 18 anos
  • Enfermagem de bairro

A escolha revela-se difícil nas cerca de 50 seguradoras na Holanda. O que conta mesmo é o preço, o tipo de acesso e extras oferecidos.

  • Seguros adicionais

Ou estrelas no seguro. São extras que se podem contratar por um valor adicional e que nos dão acesso a mais tratamentos e acesso a outros tipos de especialidades. Alguns seguros adicionais:

  • Tratamento no exterior
  • Medicina alternativa
  • Fisioterapia
  • Tratamento de fertilidade

Estes seguros adicionais por nós pedidos, nem sempre podem ser aceites pela seguradora. Estas apólices adicionais não são obrigatórias por lei, o que faz com que as seguradoras tenham livre escolha em aceitar o segurado ou não.

 

  • Seguros odontológicos

Para a medicina dentária também é necessário um seguro adicional.

Dentro destes seguros todos, há quatro formas de apólice. A "naturapolis", a natural, onde o seguro trata directamente com o prestador de serviços; a "restitutiepolis", a de restituição, onde o segurado paga os valores apresentados pelas clínicas e hospitais e os apresenta ao seguro para restituição, a ter direito, dos valores; a "combinatiepolis" a apólice combinada, onde as duas anteriores se combinam e que é usada da seguinte forma:

  • Naturpolis, para prestadores de serviços que tenham contrato com a seguradora.
  • Restitutiepolis, para prestadores de serviços sem contrato com a seguradora, mas que foram escolhidos pelo segurado.

e temos por último a "budgetpolis", a de baixo custo. Embora mais barato que as restantes, o segurado não tem livre escolha de prestadores de serviços e terá sempre de pagar os tratamentos do seu bolso e pedir o reembolso posteriormente ao seu seguro.

Podemos encontrar estas quatro formas na mesma companhia de seguros.

Com todas estas informações, mais aquelas que as seguradoras lhe facilitam, podemos agora comparar para manter ou mudar de seguradora no próximo ano.

Uma óptima ferramenta para o ajudar é o "Comparador" disponibilizado pela Associação de Consumidores holandês, a Consumentenbond e que pode ser encontrado aqui

Se pretende mudar, tome nota que anular o seguro presente, terá de o fazer até 31 de Dezembro de 2018 e contratar um novo até 31 de Janeiro de 2019.

 

Cancelar o Seguro

Pode-o fazer de duas formas. Se até 31 de Dezembro tiver mudado para outra companhia de seguros, a nova seguradora trata de todas as formalidades com o seu serviço de cancelamento, a "overstapservice". Caso esteja muito em cima da data final ou o fizer em Janeiro, deverá enviar email ou carta registada para a sua seguradora relatando as suas intenções de cancelamento do seguro.

Aconselhámos, como é evidente, que faça a mudança atempadamente, de preferência nos primeiros 15 dias de Dezembro, para que possa usufruir dos serviços de cancelamento da nova seguradora, poupando-lhe assim tempo, dinheiro e chatices na passagem para uma nova companhia de seguros.

 

Toda esta informação está disponível em holandês na Consumentenbond