Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Portugueses na Holanda

O principal meio de informação em português na Holanda. Notícias, informação e ponto de encontro da comunidade portuguesa.

Portugueses na Holanda

O principal meio de informação em português na Holanda. Notícias, informação e ponto de encontro da comunidade portuguesa.

A Deterioração da Situação Holandesa

ECDC.png

 

Nenhum canto da Holanda escapa ao aparecimento da variante delta do corona vírus. No último mapa da Holanda, que será determinado na terça-feira, várias regiões estão no nível de alarme mais alto. A situação agora é "muito séria". A Holanda provavelmente também mudará de cor no mapa europeu da pandemia na próxima semana.

 

A Holanda tem quatro níveis de risco para o vírus corona. Do mais baixo ao mais alto, são vigilante, preocupante, grave e muito grave.

A situação já é muito grave em duas regiões, informou o ministro da saúde Hugo de Jonge à Câmara dos Deputados na noite de sexta para sábado.

Ele não mencionou os nomes das regiões. Mas as duas únicas regiões que reúnem as condições para muito grave são Amsterdam-Amstelland e Groningen. Aqui a taxa de incidência é de mais de 250 por 100.000 habitantes. Milhares de pessoas tiveram um teste positivo em apenas uma semana. A situação só piorou no fim de semana.

Quase 4.400 residentes em Amsterdam e arredores tiveram teste positivo nos últimos sete dias. Convertido, chega a 410 casos para cada 100.000 habitantes. Na semana anterior, havia apenas 47 testes positivos para cada 100.000 pessoas. Groningen teve 333,3 novos casos para cada 100.000 pessoas nos últimos sete dias, um aumento de 989 por cento em relação à semana anterior.

Nove Regiões em Risco de Entrarem em Nível Grave

Mas o vírus espalha-se como fogo na palha seca. Durante o fim de semana, a província de Utrecht também ultrapassou os mínimos do muito grave. Houve nada mais, nada menos que 1.541 testes positivos, apenas no sábado. É um recorde nacional: nunca antes se registaram tantas infecções num só dia, em nenhuma região.

As regiões de Kennemerland, Rotterdam-Rijnmond, Hollands Midden, Gooi en Vechtstreek e Haaglanden ainda estão a um ou dois dias do nível muito grave. Estas regiões da Holanda, todas ainda no nível preocupante, pularão para o nível mais alto.

Nove regiões estão também a encaminharem-se para o segundo nível de risco, o grave. São elas Twente, IJsselland, Noord- en Oost-Gelderland, Gelderland-Midden, Gelderland-Zuid, Zaanstreek-Waterland, Zuid-Holland-Zuid, Midden- en West-Brabant en Brabant-Zuidoost. Brabant-Noord pode ser adicionado a este nível.

As sete regiões restantes devem passar ao nível preocupante depois de terça-feira, seu segundo nível de risco mais baixo. Estes são Noord-Holland-Noord, Friesland, Zuid-Limburg, Flevoland, Drenthe, Zeeland en Limburg-Noord. Não sobram assim regiões no nível mais baixo, em vigilancia

O Mapa Europeu

Dois números determinam o nível de risco numa região: o número de testes positivos e o número de hospitalizações. O número de habitantes é levado em consideração. Até o final de Maio, todas as 25 regiões de segurança estavam classificadas como muito graves. Actualmente, dez regiões estão no nível mais baixo, vigilantes, e as outras quinze regiões estão um passo acima, em preocupantes.

A Holanda provavelmente também mudará de cor no mapa europeu na próxima semana. Agora o país ainda é predominantemente laranja, com algumas áreas verdes, graças a um bom controlo da pandemia, mas que acabou na semana passada.

No novo mapa, a partir da próxima quinta-feira, Noord-Holland, Zuid-Holland, Utrecht e Groningen provavelmente estarão a vermelho. Como resultado disso, outros países podem aconselhar seus cidadãos a não virem para a Holanda, podendo também impor condições mais apertadas à entrada de pessoas com origem na Holanda.

 

Portugueses na Holanda sempre informou a sua comunidade gratuitamente e sempre o irá fazer no futuro.
Mas o futuro coloca também desafios, que só com a ajuda dos nossos leitores, conseguem ser superados.
Iniciamos assim a subscrição de apoiantes da nossa plataforma, onde por um pagamento mensal recorrente podem apoiar o crescimento desta plataforma. Esse pagamento poderá ser cancelado sempre que quiserem.