O principal meio de informação em português na Holanda. Notícias, informação e ponto de encontro da comunidade portuguesa. Também pelo Facebook em www.facebook.com/portuguesesholanda
publicado por Alvaro Faustino, em 22.04.17 às 17:57link do post | | adicionar aos favoritos

nijmegen-019.jpg

 Vista sobre a cidade e rio

Iniciamos hoje com este artigo, o nosso novo trabalho sobre o país: Viajar Pela Holanda.

Holanda não é só Amsterdam, Rotterdam, Den Haag ou Utrecht, a chamada Randstad. Não. Há mais Holanda para lá destas cidades. Com os próximos artigos, queremos dar a conhecer a outra Holanda. A menos conhecida.

 

Nijmegen

A cidade milenar.

Com uns belos 2000 anos atingidos em 2005, esta cidade na província de Gelderland, faz fronteira com a Alemanha e foi fundada no século I a.C pelos Romanos como acampamento militar, na fronteira Nordeste do seu Império.

O nome da cidade em holandês provém do latim, Noviômago.

Banhada pelo rio Reno, foi escolhido devido ás elevações existentes, que permitiam uma boa visão sobre todo o vale do delta formado pelos rios Reno e Mosa.

O crescimento da cidade não foi pacifico ao longo dos séculos. No ano de 69, os Batávios, habitantes originais da região, destruíram a cidade romana, mas isso não impediu a sua reconstrução logo depois. No ano 104, o Imperador Trajano oficializa a cidade e o seu nome:  Úlpia Noviômago dos Batavos. A partir dos inícios do século IV, a presença romana enfraqueceu e a cidade passou para domínio do Reino Franco. Devido ao rio e o seu acesso à costa e ao interior do continente europeu, o comércio prosperou e em 1230, o Imperador Sacro Frederico II oficializou definitivamente Nijmegen como cidade, com todos os seus privilégios. Em 1247 a cidade foi dada como garantia de um empréstimo ao Conde de Gelderland. Devido à falta de pagamento deste empréstimo, a cidade ficou assim inserida nesta província. Em 1364, torna-se membro da Liga Hanseática, uma aliança de cidades mercantis para estabelecer e controlar todo o comércio no norte da Europa.

 Bandeira e brasão de Nijmegen

Chega a Guerra dos Oitenta Anos e o comércio na cidade pára. Uma vez que passou a fazer parte da Republica das Províncias Unidas, sofreu vários cercos que mataram o comércio e o motor económico da região. Só a partir da segunda metade do século XIX e inícios do século XX, a cidade voltou a crescer a um ritmo constante, sendo fundada a Universidade de Randboud em 1923. Em 1927 e para facilitar a navegação e comércio, foi aberto um canal de navegação entre o rio Mosa e um dos braços do Reno, o Waal.

Em 1940, Nijmegen é a primeira cidade holandesa a cair nas mãos da Alemanha Nazi, com a 2ª Guerra Mundial. Sendo um dos principais pontos de entrada de abastecimento ás tropas nazis na Europa Ocidental, é fortemente bombardeada pelas forças Aliadas. Em 1944, é palco de uma das mais famosas operações militares da 2ª Grande Guerra. Entre os dias 17 e 25 de Setembro de 1944, mais de 41.000 pára-quedistas são lançados nas imediações da cidade, imediatamente seguidas por duas divisões de infantaria e duas divisões blindadas que estavam estacionadas na fronteira belga-holandesa. O objectivo? Tomar as pontes da cidade e cortar uma das principais veias de abastecimento do inimigo. Com as pontes tomadas, as tropas Aliadas ficariam também com um ponto de entrada na invasão à Alemanha. Foi uma batalha que ajudou à vitória Aliada na 2ª Grande Guerra.

 Complexo universitário

Presente

Hoje Nijmegen é uma cidade próspera. Com a sua Universidade, recebe estudantes de vários países. É casa de cerca de 170.000 pessoas de várias nacionalidades, sendo cerca de 17.000 deles, estudantes universitários. Fresca e jovem, a cidade anda de mão dada entre o passado e o futuro, com vários edifícios e locais históricos e arquitectura moderna. Mais de um milhão de pessoas participam em Julho no evento Quatro Dias de Marcha. A cidade alberga nove museus regionais e muitos locais  e monumentos históricos. No Verão é costume actuarem bandas nas praças e nas dezenas de esplanadas de bares e restaurantes do centro. Para quem prefere a Natureza, Nijmegen oferece uma paisagem de rio, diques, bosques, charnecas e colinas nas suas imediações.

 

Por uma comunidade forte, unida e informada.

Portugueses na Holanda Blog

Portugueses na Holanda Facebook

Grupo Trabalho na Holanda


Entre em Contacto
Portugueses na Holanda no Facebook
pesquisar
 
Abril 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21

23
24
25
27
28

30


Links de Interesse
blogs SAPO