Um blog para todos mas em especial para outros portugueses emigrados na Holanda, ou que ponderam a vinda. Notícias, informações, dúvidas, pode e deve fornecer e retirar neste espaço. Também pelo Facebook em www.facebook.com/portuguesesholanda
publicado por Alvaro Faustino, em 23.02.14 às 12:33link do post | | adicionar aos favoritos

destroços do DC-10 da Martinair no aeroporto de Faro depois do acidente 

 21 anos depois, o acidente aéreo no Aeroporto de Faro, no Algarve, com um aparelho da Martinair ainda dá que falar e corre nos tribunais holandeses. Sobreviventes e família das vitimas exigem a abertura de um novo inquérito.

Cor ten Hove sobreviveu ao acidente em Faro, mas ficou com a sua vida destruída. "Apenas consigo realizar 10% das tarefas que conseguia realizar antes do acidente".

 

No momento do acidente em Dezembro de 1992, que tirou a vida a 56 pessoas, Ten Hove tinha 36 anos e trabalhava com administrador. "Depois do acidente, as queixas nunca mais pararam. Desde alguns anos que tenho oficialmente danos cerebrais leves devido ao acidente. Apenas consigo realizar trabalho voluntário." Por isto espera ele com grande interesse e ansiedade as duas decisões judiciais, uma em Den Haag e outra em Amsterdam, na quarta-feira.

 

Decisões judiciais

O tribunal de Amsterdam terá de ter uma decisão no que diz respeito ao valor de indemnizações a prestar pela Martinair, hoje parte da KLM como empresa satélite. Segundo as vitimas, insuficiente e por isso procuram que os valores pagos em 1993 sejam revistos.

O tribunal de Den Haag terá de pronunciar sobre o papel do Estado, considerando as vítimas que este é responsável por uma investigação séria e honesta sobre as reais razões do acidente.

 

Rajada de vento

Segundo a investigação na altura, realizada pelas autoridades aéreas portuguesas, a razão principal do acidente com o aparelho da Martinair no aeroporto de Faro, deveu-se ás condições atmosféricas que se faziam sentir na altura da aterragem. Segundo este inquérito sobre as razões do acidente, este deveu-se a uma rajada inesperada de vento que atirou o aparelho contra o chão no momento da aterragem. Os sobreviventes e familiares de vitimas colocaram sérias dúvidas sobre esta conclusão e realizaram assim um inquérito pela pessoa de Harry Horlings, engenheiro aeronáutico. Depois da análise das caixas negras do aparelho realizada em 2011, as causas do acidente não se deveram apenas ás condições atmosféricas, mas sim também a erros de piloto na aterragem.

Ten Hove julga que o tribunal de Amsterdam não levará a sério as conclusões dos sobreviventes e familiares. "O advogado da Martinair disse em tribunal que Horlings não trouxe nenhuma nova informação ao caso e que em grande parte, a própria Martinair concordava com ele."

 

Nova investigação

Os sobreviventes e familiares das vitimas do acidente aéreo pedem assim um novo inquérito. Pedem eles um estudo mais pormenorizado sobre o que realmente se passou no momento da aterragem e responder assim a algumas perguntas que estão no momento sem resposta. "Eu acho ser essencial uma nova investigação com especial ênfase ao planeamento do voo em questão. Como é que o voo teve autorização de viagem? Já se saberia das condições atmosféricas previstas na aterragem? Foi realmente uma rajada inesperada, concluída pelo inquérito português, a causa do acidente?"

 

Noticia retirada:

Jornal AD (em holandês)

 

Por uma comunidade forte, unida e informada.

Portugueses na Holanda Blog

Portugueses na Holanda Facebook

Portugueses na Holanda Email

Portugueses na Holanda Comentários no Blog e Facebook

Grupo Trabalho na Holanda


Entre em Contacto
Portugueses na Holanda no Facebook
pesquisar
 
Fevereiro 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
18
19
20
21
22

24
25
26
27
28


Links de Interesse
Comentários Recentes
Olá Carlos. Pode através dos links de agências imo...
Olá boa tarde antes de mais felicitações pro blogu...
Olá Ricardo. Sobre as leis de trabalho na Alemanha...
Ola Boa Noite,Estou a terabalhar ja ha 3 anos na h...
Gostaria de saber que direitos tenho e o que devo ...
Olá Ana. Para procurar trabalho, use uma das nossa...
Bom dia, o meu marido encontra-se a trabalhar em R...
Ola estou a morar na Holanda ha 3 meses. Trabalho ...
Caro José. Uma vez que é a Holanda que lhe irá pag...
Boa noite no caso de ser despedido poderei receber...
Tráfego internet
blogs SAPO