O principal meio de informação em português na Holanda. Notícias, informação e ponto de encontro da comunidade portuguesa. Também pelo Facebook em www.facebook.com/portuguesesholanda
publicado por Alvaro Faustino, em 03.05.15 às 19:00link do post | | adicionar aos favoritos

     Chegamos a Maio, o mês com mais significado para a Holanda. Para além de ser o mês das tulipas é também o mês com mais feriados e tradicionalmente, um mês de férias de trabalho e escola.

Como já devem ter reparado, o 1º de Maio na Holanda é apenas mais um dia normal. Com uma ou outra manifestação de alguma sindical, o feriado não existe simplesmente. É inclusive um dos poucos países desenvolvidos que não tem qualquer Dia do Trabalhador. O primeiro dia importante e a qual os holandeses prestam respeito é o 4 de Maio.

 

Pequena manif no 1º de Maio 

     Neste dia, embora também não seja feriado, é o dia em que a Holanda recorda e homenageia os seus mortos e desaparecidos na Segunda Guerra Mundial e mais recentemente, também os que pereceram em missões militares de paz no estrangeiro. 

Oficialmente é comemorado na Damplein em Amsterdam, com o depósito de flores no monumento alusivo, mas por toda a Holanda é possível encontrar as bandeiras do país a meia-haste em sinal de respeito. Ás 20:00 tem lugar os dois minutos de silêncio por todo o país. As televisões interrompem as sua emissões, os transportes públicos param e há mesmo quem pare nas bermas das estradas ou estações de serviço na auto-estrada para prestar a sua homenagem. 

Os dois minutos de silêncio pelas Altezas Reais da Holanda na Damplein

     O 5 de Maio é logo a seguir e neste sim, pode ser feriado. Neste dia é celebrado o Dia da Libertação. O dia em que acabou a ocupação Nazi na Segunda Guerra Mundial, no ano de 1945. Tradicionalmente, neste dia apenas era comemorado como feriado a cada 5 anos, mas a tendência tem vindo a ser de acabar com o feriado. Por isso mesmo, alguns terão o dia livre nos seus trabalhos, enquanto outros terão de o trabalhar. Todo dependerá dos acordos de trabalho colectivo (CAO) entre as empresas, os sindicatos e o Governo.

Neste dia, foi assinada a capitulação Nazi na Holanda no hotel De Wereld em Wageningen. Tradicionalmente é escolhida anualmente uma cidade oficial, onde se iniciam as comemorações com o acender da Tocha da Liberdade. Depois disso, o fogo da tocha é distribuído a outras cidades por estafetas.

Cada cidade tem um programa de comemoração próprios, mas todas tem em comum festivais de músicas nos seus parques. É costume ver as bandeiras da Holanda hasteadas nas janelas e edifícios por todo o país. 

Este ano a comemoração oficial tem inicio na cidade de Vlissingen, na província de Zeeland e é encerrado com um concerto em Amsterdam no Ijssel, transmitido em directo pela televisão estatal.

Para mais informações sobre o 4 e 5 de Maio, consulte o Nationaal Comité 4 en 5 mei (inglês) ou o nosso artigo Dodenherdenking/Bevrijdingsdag.

Comemorações do Dia da Libertação

 

     Este ano o 14 de Maio tem uma particularidade, mas primeiro o feriado. O dia é dedicado à Ascensão de Cristo (Hemelvaartsdag), ou como também é conhecido em Portugal, o Dia da Espiga. 40 dias depois da Páscoa é sempre feriado na Holanda e sempre a uma Quinta-feira. A particularidade deste ano é que o 14 de Maio é também um dia de lembrança para a Holanda, especialmente para Roterdão. Neste dia, no ano de 1940 a Holanda rende-se à invasão Nazi depois do bombardeamento à cidade de Roterdão, que fica completamente destruída e em chamas.

Em Roterdão é tradicionalmente comemorado nessa noite com a iluminação da Fronteira de Fogo.

Comemorações do Dia da Ascensão

A Fronteira de Fogo iluminada em Roterdão

     Por fim teremos o 24 e 25 de Maio, o Pinksteren, ou Pentecostes em português. Sempre a um Domingo, é pratica implementada o dia livre no dia seguinte, o Segundo Dia de Pentecostes. Para além do significado religioso é pratica comum a realização de festivais de música em muitas cidades holandesas.

Festival de música para a celebração de Pentecostes

 

     Pelo meio teremos o Dia da Mãe, a 10 e o inicio das aulas a 11 de Maio. Normalmente é também um mês tradicional de férias, por isso é normal encontrar mais intensidade de trânsito nas estradas, principalmente nas imediações ou em direcção ás zonas fronteiriças.

Tráfego na fronteira entre a Alemanha e Holanda

 

     Maio como é também o mês das tulipas, estará aberto até ao dia 17 o maior jardim de flores do Mundo: o Keukenhof, na cidade de Lisse, nos arredores de Amsterdam. Para mais informação sobre preços e acessibilidade, consulte a página oficial (em inglês).

Jardins Keukenhof em Lisse

 

Por uma comunidade forte, unida e informada.

Portugueses na Holanda Blog

Portugueses na Holanda Facebook

Portugueses na Holanda Email

Portugueses na Holanda Comentários no Blog e Facebook

Grupo Trabalho na Holanda


Entre em Contacto
Portugueses na Holanda no Facebook
pesquisar
 
Maio 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
15
16

17
18
19
20
21
22

24
25
26
27
28
29
30

31


Links de Interesse
blogs SAPO