Um blog para todos mas em especial para outros portugueses emigrados na Holanda, ou que ponderam a vinda. Notícias, informações, dúvidas, pode e deve fornecer e retirar neste espaço. Também pelo Facebook em www.facebook.com/portuguesesholanda
publicado por Alvaro Faustino, em 23.02.14 às 11:06link do post | | adicionar aos favoritos

Hamit Karakus, vereador para a economia em Rotterdam

uma das caras lideres nesta investigação

 Rotterdam continua a liderar a "guerra" contra o trabalho temporário injusto e ilegal. Juntamente com a Inspecção SZW (antiga Inspecção de Trabalho), o sindicato FNV, a Câmara de Comércio, a CAO SNCU e a ABU, já foram encontradas cerca de 80 empresas desde os finais de 2012, altura que começaram as primeiras investigações. Existe um número semelhante de processos e investigações em curso neste momento. A ABU quer implementar estes métodos nos anos vindouros em todo o país.

 

Mas segundo o Vereador para a Economia, Hamit Karakus (PvdA), este tipo de investigação é insuficiente para apanhar todas as empresas ilegais. Segundo estimativas, apenas em Rotterdam existem cerca de 1000 empresas de trabalho temporário. Por cada fecho devido a ilegalidade, abre outra quase imediatamente, constata o vereador. Os empresários simplesmente abrem outra empresa com outro nome e voltam de novo ao mercado. "Qualquer um com um telefone, pode abrir uma empresa de trabalho temporário."

 

Licença de Serviços

Ele faz assim um apelo para que seja assim implementada uma exigência de licença de serviços para as empresas de trabalho temporário. Por detrás destas empresas ilegais na cidade, emergem apenas umas dezenas de nomes e sempre que estes nomes surgem e são investigados, é coincidente com outros nomes mas em diferentes negócios. Com este tipo de licença, a Gemeente conseguiria controlar mais estas empresas e sempre que necessário, retirar a licença.

 

A ABU considera "uma medida insuficiente para um problema mais sério", segundo Van den Berg. Um novo método poderia ser a inclusão destas empresas numa lista negra pública e acessível a todos, de forma a que os candidatos pudessem ver qual a seriedade da empresa antes de concorrerem a elas.

Este tipo de empresas pagam normalmente aos seus empregados abaixo do salário mínimo e sem os direitos sociais. A maior parte das vezes apenas com os chamados "Avanços de Dinheiro" (Voorschotten). "No momento que a empresa tem de pagar os salários devidos e completos, abrem falência, apenas para mais tarde iniciarem tudo de novo."

 

Não se investiga apenas contra este tipo de problemas e formas de ilegalidades. Também no que diz respeito ao fornecimento da habitação para os seus trabalhadores estrangeiros, porque muitas vezes as condições são más, com rendas altas e sobrelotação de apartamentos.

 

Noticia retirada:

Jornal AD (em holandês)

 

Apenas como curiosidade e que é do meu conhecimento, a Ministra dos Assuntos Sociais, Jetta Klijnsma, tem a intenção de iniciar a elaboração da "Lista Negra" sugerida pela ABU, estando prevista que o público possa acessá-la a partir do segundo semestre deste ano. Assim que tivermos acesso, é evidente que este será um dos locais onde a "Lista Negra" estará disponível.

 

Por uma comunidade forte, unida e informada.

Portugueses na Holanda Blog

Portugueses na Holanda Facebook

Portugueses na Holanda Email

Portugueses na Holanda Comentários no Blog e Facebook

Grupo Trabalho na Holanda


Entre em Contacto
Portugueses na Holanda no Facebook
pesquisar
 
Fevereiro 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
18
19
20
21
22

24
25
26
27
28


Links de Interesse
Comentários Recentes
Olá Carlos. Pode através dos links de agências imo...
Olá boa tarde antes de mais felicitações pro blogu...
Olá Ricardo. Sobre as leis de trabalho na Alemanha...
Ola Boa Noite,Estou a terabalhar ja ha 3 anos na h...
Gostaria de saber que direitos tenho e o que devo ...
Olá Ana. Para procurar trabalho, use uma das nossa...
Bom dia, o meu marido encontra-se a trabalhar em R...
Ola estou a morar na Holanda ha 3 meses. Trabalho ...
Caro José. Uma vez que é a Holanda que lhe irá pag...
Boa noite no caso de ser despedido poderei receber...
Tráfego internet
blogs SAPO