O principal meio de informação em português na Holanda. Notícias, informação e ponto de encontro da comunidade portuguesa. Também pelo Facebook em www.facebook.com/portuguesesholanda
publicado por Alvaro Faustino, em 24.05.14 às 23:05link do post | | adicionar aos favoritos

Sophie in 't Veld, cabeça de lista do partido D66 para a Europa 

 Foram já realizadas as eleições europeias na Holanda na última quinta-feira, 22 de Março, com a possibilidade de votação de cidadãos estrangeiros registados no país. Uma vez que as datas destas eleições variam de país para país, só no Domingo à noite, com o fecho das mesas de voto em Portugal, sairão os resultados finais das escolhas feitas pela sociedade holandesa. Os oficiais, só na próxima sexta-feira.

Mesmo assim, isso não impede a Holanda de publicar os resultados das sondagens realizadas à boca da urna de voto.

 

Os vencedores

A confirmarem-se os resultados, o grande vencedor será o partido democrático e pró-europeu, D66, encabeçado pela deputada europeia, Sophie in 't Veld. Com 15.6% dos votos, consegue 4 deputados dos 26 lugares disponíveis.

O lider do D66, Alexander Pechtold, diz mesmo que se estas previsões se revelarem reais, o D66 torna-se pela primeira vez no maior partido politico na Holanda. O D66 foi também uma grande vencedor nas eleições municipais de Março.

 

Outro grande vencedor, desta vez à esquerda, foi o SP (Partido Socialista), tornando-se o maior partido da esquerda, ajudado também pela queda do PvdA, que fica com apenas 9.4% dos votos, contra os últimos 12%, mas mantendo os três deputados europeus. O SP consegue assim também três deputados eleitos para a Europa, embora em termos percentuais esteja acima do principal rival, o PvdA.

 

Os perdedores

O CDA é um grande perdedor nestas eleições. De 20.1% desce substancialmente para apenas 15.2%, conseguindo mesmo assim 4 deputados eleitos. O VVD, em coligação com o PvdA para o Governo, tem uma pequena subida para os 12.3%, mas mesmo assim, ficando apenas com 3 deputados eleitos.

 

O grande perdedor, em que o resultado da sondagem já fez notícia na França e Inglaterra, é o PVV de Geert Wilders. O partido da extrema direita, contra europeu e anti-imigrantes, em que faz coligação com Le Pen da França, ficou-se apenas pelos 12.2%, caindo quase 5%, ficando apenas com três deputados eleitos.

Depois das últimas sondagens mostrarem um sucessivo aumento das intenções de voto neste partido, para além do discurso anti-marroquino no rescaldo das eleições municipais que caiu mal na sociedade e no próprio Governo, nas últimas semanas também prestou declarações contra a Arábia Saudita, um dos principais investidores no país, o que levou ao boicote deste país à Holanda e uma viagem de emergência do Ministro dos Negócios Estrangeiros a esse país para resfriar a situação. Segundo alguns analistas, esta foi uma das razões para esta queda surpresa.

 

Pequenos partidos

GroenLinks e a coligação ChristenUnie/SGP conseguem ambos, dois deputados eleitos o que para o GroenLinks representa a perda de um. O Partij voor de Dieren en 50PLUS conseguem a novidade de elegerem um deputado cada.

 

A adesão deverá situar-se nos 37%, ligeiramente acima dos valores das últimas eleições. Em termos de abstenção partidária, 65% dos eleitores do PVV ficaram em casa e 57% do PvdA.

 

Notícia original: (em holandês)

Jornal AD

A Holanda escolhe Europa, dando um grande puxão de orelhas ao populismo oportunista da extrema-direita.

 

Por uma comunidade forte, unida e informada.

Portugueses na Holanda Blog

Portugueses na Holanda Facebook

Portugueses na Holanda Email

Portugueses na Holanda Comentários no Blog e Facebook

Grupo Trabalho na Holanda


Entre em Contacto
Portugueses na Holanda no Facebook
pesquisar
 
Maio 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23

27
28
30
31


Links de Interesse
blogs SAPO