O principal meio de informação em português na Holanda. Notícias, informação e ponto de encontro da comunidade portuguesa. Também pelo Facebook em www.facebook.com/portuguesesholanda
publicado por Alvaro Faustino, em 27.09.15 às 14:30link do post | | adicionar aos favoritos

É observado um ligeiro aumento na economia da Holanda

Assim revelam os últimos dados relativos a segundo trimestre de 2015 na Holanda. A economia continua a sua tendência de subida. Muito lenta, mas a subir.

 

Saiu esta semana os resultados do crescimento económico holandês relativo aos meses de Abril/Maio/Junho, que revelam um pequeno crescimento de 0.2%. A previsão era de 0.1%.

Em comparação com o mesmo período do ano anterior, o crescimento foi mais significativo. A previsão era de 1.6%, mas a realidade foi que o crescimento foi de 1.8%.

O principal responsável por este crescimento foram as exportações, que embora ainda sentindo as consequências do embargo russo, conseguiram subir ligeiramente. Mas também o investimento e o consumo privado contribuíram para este pequeno aumento da economia.

 

Desemprego

Também a taxa de desemprego baixou ligeiramente 0.1%, para os 6.9% em Maio, com a criação de mais 29.000 postos de trabalho em comparação com o primeiro trimestre deste ano.

 

Os dados podem ser observados na página do Centro Nacional de Estatística da Holanda (holandês e inglês).

 

Por uma comunidade forte, unida e informada.

Portugueses na Holanda Blog

Portugueses na Holanda Facebook

Portugueses na Holanda Email

Portugueses na Holanda Comentários no Blog e Facebook

Grupo Trabalho na Holanda


publicado por Alvaro Faustino, em 21.09.15 às 17:27link do post | | adicionar aos favoritos

 O suspeito detido pela força especial da policia de Roterdão

A semana passada acabou em autêntico estado de sítio no centro da cidade de Roterdão. Na manhã de sexta feira dia 18, a circulação de comboios foi suprimida e toda a principal estação de Roterdão evacuada devido a ameaça terrorista a bordo de um dos comboios de alta velocidade Thalys, que fazem a ligação Amesterdão - Paris. O suspeito, que esteve fechado numa das casas de banho da composição, foi detido algumas horas depois e levado ao hospital por precaução, pois durante o processo de detenção, sofreu de hiperventilação. Já durante a tarde a circulação ferroviária foi retomada e a estação aberta aos passageiros, depois de todas as diligências das autoridades na procura de explosivos ou outras ameaças.

Nada foi encontrado. Nem armas, nem explosivos, nem outros tipos ou formas de ataque. Absolutamente nada. O que deixa a pergunta no ar.

 

Quem Era o Suposto Terrorista?

O suposto terrorista era um jovem de 16 anos, que não estava armado nem transportava qualquer explosivo, produto químico ou biológico. E também não tinha identificação e não falava holandês nem inglês.

As autoridades holandesas investigaram tão misteriosa personagem a nível europeu e descobriram que o jovem já é conhecido por nove identidades em vários países europeus. Julgam tratar-se de um tunisino que já há dois anos vagueia sem documentos pela Europa e já é conhecido em várias cidades de vários países.

Uma vez que também não estava em posse de qualquer tipo de arma, foi concluído que este jovem apenas pretendia viajar sem bilhete para Paris, entrando assim no comboio e fechando-se na sua casa de banho. Foi libertado hoje sem qualquer acusação pelo Ministério Público da Holanda, uma vez que viajar sem bilhete nos transportes públicos não é uma ofensa punível com prisão.

 

Notícia original:

De Haven Loods (holandês)

AD (holandês)

 

Por uma comunidade forte, unida e informada.

Portugueses na Holanda Blog

Portugueses na Holanda Facebook

Portugueses na Holanda Email

Portugueses na Holanda Comentários no Blog e Facebook

Grupo Trabalho na Holanda


publicado por Alvaro Faustino, em 18.09.15 às 21:37link do post | | adicionar aos favoritos

trabalhadores estrangeiros numa estufa de tomate na Holanda

O sector das estufas na Holanda é de grande importância para o país e para a balança das exportações. Com o embargo económico à Rússia, que era um dos principais compradores, essa balança caiu significativamente em 56%, juntamente com a produção de flores e agricultura tradicional, embora não tão acentuadas como a das estufas. Mas de uma forma generalizada, o sector das estufas já não produz e exporta como em anos anteriores.  

É necessária assim uma solução para este problema. Sendo igualmente um sector que emprega na sua grande maioria mão de obra estrangeira, portuguesa inclusive, é de extrema importância que essa solução funcione.

 Westland, a cidade de vidro, uma das maiores concentrações de estufas da Holanda

 

A Solução 

As cinco maiores organizações de produtores de frutas e legumes da Holanda (Best of Four, DOOR, The Greenery, Harvest House e Van Nature), que representam mais de 70% da produção em estufa do país, assinaram um acordo para se associarem. Irão operar sob a designação Federatie Vruchtgroente Organisaties (Federação holandesa de associações de frutas e legumes) e tem como objectivo a reestruturação e desenvolvimento da horticultura em estufa para se tornarem líderes a nível da União Europeia.

À frente da Federação está Cees Veerman, um ex-ministro holandês de Agricultura. A Federação chegou a um acordo com o governo holandês e o Rabobank.

 

Notícia original:

Agro Digital (espanhol)

 

Por uma comunidade forte, unida e informada.

Portugueses na Holanda Blog

Portugueses na Holanda Facebook

Portugueses na Holanda Email

Portugueses na Holanda Comentários no Blog e Facebook

Grupo Trabalho na Holanda


publicado por Alvaro Faustino, em 17.09.15 às 16:52link do post | | adicionar aos favoritos

A Família Real da Holanda, numa das suas fotos de férias

Foi conhecida na passada terça feira pela voz de Sua Majestade, o Rei Willem-Alexander da Holanda, a linha de governação para o próximo ano, com a apresentação dos gastos e investimentos previstos no Orçamento de Estado.

Entre os vários sectores, foi igualmente conhecido o orçamento para a Casa Real da Holanda. Muito superficialmente foram tornados públicos os rendimentos do Rei Willem-Alexander e sua esposa, a Rainha Máxima e os gastos previstos com a remodelação do palácio real em Den Haag. Mas a dúvida manteve-se no ar. E então o resto? Uma Casa Real não são apenas os Reis e palácios.

Eis que surgem agora os gastos concretos da Casa Real da Holanda, deixando de queixo caído, todos os que vêm os seus rendimentos tributados para pagar esta continha.

 

Família Real

Willem-Alexander pode olhar com contentamento para o Dia do Príncipe. Para além de um leitura do discurso praticamente sem erros, conseguiu igualmente um bom aumento de rendimento.

O salário Real segue assim a mesma linha de aumento de 5% do Parlamento, o que se traduz num aumento de 43.000 Euros no rendimento de sua majestade. Juntamente com o rendimento de Máxima, no próximo ano, a sua conta bancária receberá uns confortantes 1.2 milhões de Euros.

Membro Real Salário Anual Compensação para Pessoal e Material Total
Rei Willem - Alexander €866.000 €4.540.000 €5.406.000
Rainha Máxima €343.000 €591.000 €934.000
Princesa Beatrix €489.000 €975.000 €1.464.000
Total €1.698.000 €6.106.000 €7.804.000

 

O que faz surgir a pergunta. Para quê tanto dinheiro? Afinal todas as suas tarefas públicas são pagas pelo Estado.

 

Casa Real

A actual habitação dos reis da Holanda em Wassenaar não está incluída nos gastos. Alguns dos extras pessoais, como a casa de férias na Grécia ou o potente e cara lancha a motor, também não entram nas contas oficiais. Mas na prática torna-se um assunto cinzento, porque para além do ordenado de €866.000, também haverá o pagamento de cerca de 4.5 milhões de Euros para gastos pessoais e materiais.

"E o que cai nesta última parcela, não sabemos exactamente", segundo Gerrit van Malkenhorst da Sociedade Nova Republica (Nieuw Republikeins Genootschap), que pede há anos, uma maior transparência nas contas da Casa Real. "Em qualquer dos casos, a maior parte do pessoal que trabalha na Casa Real é pago com este dinheiro. O que não quer dizer que o rei não possa fazer uma despesa extra com essa parcela."

Um assunto não muito transparente portanto. O que é conhecido com o orçamento real e com o relatório de contas anual, tornado público em Maio, podemos pelo menos saber precisamente os gastos e despesas que o rei não paga.

 

Belasting - IRS

Ao contrário de toda a gente na Holanda, o rei, rainha e princesa reais, não pagam impostos sobre o seu ordenado. Um direito previsto na Constituição desde 1848.

 

Pessoal Auxiliar

Não só os colaboradores mais próximos são pagos com este dinheiro, mas todos os que trabalham para eles têm o seu rendimento a partir deste orçamento.

Huis ten Bosch em Den Haag, a residência oficial da Família Real

Gás, Água e Electricidade

O custo da Huis ten Bosch, do Palácio Noordeinde, ambos em Den Haag e do Palácio Real na Dam em Amsterdam, são pagos directamente pelo Estado. Também os gastos com telefone entram no orçamento directo do Estado. Para a Villa Eikenhorst, a actual residência da família, em principio não terá os gastos salvaguardados pelo Estado, uma vez que as obras de renovação da Huis ten Bosch estará concluída em 2017 e a Família Real irá mudar-se para Den Haag.

 

Frota Automóvel, Cavalos e Carruagens

Toda a frota automóvel, cavalos, carruagens e todo o pessoal que trata da sua manutenção é pago directamente do orçamento do Estado. Também o Groen Draeck, o iate da Princesa Beatriz, é pago pelo Estado.

 

Bilhetes de Avião

A Família Real tem acesso ao plano do Estado para este efeito. Em 2014, 14% desse orçamento foi usado pela Família Real, que custou cerca de €6.000.

 

Quanto Custa Tudo Isto?

O orçamento total e global da manutenção e função da Casa e Família Reais da Holanda, chega a mais de 40 milhões de Euros. Frotas, funcionários, viagens e manutenções de espaços, são incluídos nas despesas funcionais da Casa Real da Holanda.

 

Será Que Está Mesmo Tudo?

Possivelmente não. O ex-ministro Gerrit Zalm calculou em 2009, que os custos são bem superiores. Por exemplo, do Orçamento do Ministério da Defesa saíram mais 25 milhões de Euros para segurança da Família Real. Com este e outros gastos não directos, Zalm calculou um gasto de 110 milhões de Euros com a Casa Real da Holanda, fazendo-a assim, uma das mais caras do Mundo.

 

Notícia original:

Metro Nieuws (holandês)

 

Por uma comunidade forte, unida e informada.

Portugueses na Holanda Blog

Portugueses na Holanda Facebook

Portugueses na Holanda Email

Portugueses na Holanda Comentários no Blog e Facebook

Grupo Trabalho na Holanda


publicado por Alvaro Faustino, em 17.09.15 às 11:15link do post | | adicionar aos favoritos

Zwart Piet, a figura dos protestos contra o racismo

As escolas primárias de Den Haag dizem adeus à figura clássica do Zwart Piet. É assim a primeira cidade a banir esta figura tão característica do folclore natalício holandês.

Todas as escolas decidiram retirar a figura de uma forma faseada, que não irá durar mais de três anos a concretizar. Algumas escolas em Amsterdam e Utrecht também decidiram de uma forma voluntária acabar com esta tradição. Para já, apenas em Den Haag, a retirada desta tradição foi decidida por unanimidade em todas as direcções escolares.

 

Uma das principais razões está no "mau estar de algumas crianças durante as comemorações do Sinterklaas, por causa dos Zwart Piet", diz Gerard van Drielen, director da Christelijk Onderwijs Haaglanden, para além de esta figura, na sua forma clássica, estar associada ao estereotipo de escravo negro africano.

Desaparece assim das escolas de Den Haag o cabelo encaracolado, os lábios vermelhos, os brincos e a cor negra da pele.

 

Mudanças Profundas

Não só as escolas de Den Haag começam a mudar a tradição. O grupo retalhista Bijenkorf deu a conhecer em Agosto passado a sua nova política em relação à figura clássica do Zwart Piet. A figura em si não irá desaparecer, mas irá sofrer uma mudança de aspecto. A cor negra irá dar lugar ao dourado, cor que o grupo entende enquadrar-se melhor à imagem da marca e não por ser motivo das controvérsias que têm surgido ao longo do tempo sobre o assunto.

Zwart Piet a acompanhar e servir Sinterklaas

A figura clássica do Zwart Piet tem sido conotada ultimamente à escravidão africana, por usarem a figuração de pessoas pobres de cor negra como servos da figura do Sinterklaas, uma personagem de poder, com grandes posses e caucasiana. Um estereotipo que muitos grupos na sociedade estão contra e pretendem mudar para uma figura mais moderna e menos racial.

 

Notícia original em:

DutchNews (inglês)

AD (holandês)

 

Por uma comunidade forte, unida e informada.

Portugueses na Holanda Blog

Portugueses na Holanda Facebook

Portugueses na Holanda Email

Portugueses na Holanda Comentários no Blog e Facebook

Grupo Trabalho na Holanda


publicado por Alvaro Faustino, em 16.09.15 às 12:16link do post | | adicionar aos favoritos

 A Carruagem Dourada

Setembro, dia 15. A terceira terça feira. Como tradição, é o dia oficial do arranque da política na Holanda, já a pensar no próximo ano. E este ano igualmente, o novo arranque da página depois do período de férias.

Diz a tradição que neste dia o Rei da Holanda traça o plano orçamental para o ano seguinte. Nos modernos dias de hoje é o próprio Governo em funções que faz esse trabalho, sendo a figura real apenas o meio para dar a conhecer as medidas orçamentais e plano para o seguinte ano.

É uma cerimónia formal, de pompa e circunstância, onde a Família Real se desloca numa carruagem de ouro à Sala dos Cavaleiros em Den Haag, onde realiza o Discurso do Trono.

Esta carruagem real é usada desde 1901 e serve anualmente para esta cerimónia. Ocasionalmente é usado nos casamentos reais na Holanda.

 

Não fugindo à regra, este ano foi mais uma vez usado nesta cerimónia, sendo que de seguida iremos também realçar os principais pontos do plano do Governo para 2016. Planos esses que, directa ou indirectamente, mexem com a economia, poder de compra e, evidentemente, nos nossos bolsos.

 

 Rei Willem-Alexander durante o Discurso do Trono

 

O Discurso Generalista

O Discurso do Trono começou pelas boas notícias, deixando para o final a crise humanitária e a ameaça terrorista. Segundo os partidos da oposição, "já se nota um certo cuidado no discurso para não prejudicar as eleições", que irão acontecer em 2017. Isso revê-se nas propostas apresentadas, onde há "presentes" para os eleitores.

Segundo alguns analistas, o plano do Governo é um tanto perigosa, pois assenta na evolução económica mundial. Embora o défice do país esteja abaixo dos 3%, o clima económico está um pouco volátil com a queda da economia chinesa, que irá afectar a Europa, a esperada subida das taxas de juro americanas e a situação geo-política perigosa que existe no momento. Todas estas situações poderão arrasar mais uma vez as economias europeias.

As Propostas Concretas

Ponto por ponto, iremos transcrever as principais pontos que irão mudar para o ano de 2016.

 

Finanças

  • O desconto sobre o imposto sobre o trabalho irá subir. Qualquer pessoa que trabalhe irá ter um maior desconto no seu imposto, até a um máximo de 100 Euros. Uma medida que irá custar 500 milhões de Euros extras por ano.
  • A taxa de imposto irá baixar 0.25 pontos percentuais para a parcela 1 do Belasting. Custará ás Finanças 475 milhões por ano.
  • Um desconto especial para o imposto sobre as pensões irá iniciar-se em 2016, com cerca de 80 Euros.
  • O subsídio para idosos no quadro 3 do Belasting será abolido em 2016. Até então, tinham os idosos com baixo rendimento, uma isenção extra de até 28.000 Euros.
  • A regra dos 80% irá ser reintroduzida em 2016 para a inclusão de carreiras.
  • O anterior aumento sobre o imposto diesel não será baixado.

Saúde

  • O prémio a pagar por um pacote básico de seguro de saúde não deverá aumentar mais de 10 Euros. As seguradoras irão até ao final de Novembro de 2015 ajustar e comunicar os novos valores mensais aos seus clientes. Anualmente, na Holanda paga-se cerca de 1211 Euros neste seguro obrigatório.
  • A franquia obrigatória do seu seguro de saúde irá aumentar dos 360 para os 375 Euros.
  • O subsídio de saúde (Zorgtoeslag) irá aumentar para pessoas com baixo rendimento. Ao mesmo tempo, este mesmo subsídio será cortado mais rapidamente a pessoas com rendimentos mais altos. Os valores concretos serão conhecidos assim que as seguradoras calculem os novos valores de prémio.
  • A enfermagem ao domicilio passará a estar coberta pelo pacote básico do seguro de saúde, deixando esse gasto fora da franquia obrigatória.
  • A contribuição para os seguros de saúde associada aos rendimentos deixa de existir para os pensionistas. Trabalhadores por conta própria e empregadores irão ver também esta contribuição baixar dos 5.4 para os 4.85%, uma vez que em 2014 fizeram uma contribuição mais alta do que era legalmente exigido.

Assuntos Sociais

  • Será retirado 40 milhões de Euros à transição da Lei do Apoio Social (Wet Maatschappelijke Ondersteuning - WMO) do Governo Central para os Municípios. Este dinheiro será usado para um maior apoio a idosos, deficientes e pessoas com problemas de saúde mental.
  • Pais que fiquem desempregados e com direito ao subsídio de desemprego (WW) durante o próximo ano, terão direito ao abono de creche (kinderopvangtoeslag) durante 6 meses. Actualmente é de 3 meses.
  • O Governo irá destinar 160 milhões de Euros para o suplemento do abono de família (kindgebonden budget). Uma medida para tentar melhorar o poder de compra das famílias.
  • Há um adicional de 100 milhões de Euros para o combate à pobreza e divida familiar.

Habitação

  • A taxa reduzida de IVA para obras de renovação é prorrogada de 1 de Janeiro a 1 de Julho de 2015. Proprietários de habitações não irão pagar os 21%, mas continuarão a pagar apenas os 6% de IVA. A baixa taxa de IVA também se aplica a arquitectos e paisagistas.
  • Pessoas que vendam a sua casa e mantenham parte da divida, terão um prazo alargado para o pagamento de juros de divida. Passará de 10 para 15 anos. Entrarão ao abrigo desta medida, dividas remanescentes até 2018 e que estejam co-financiadas pela Garantia Nacional de Hipotecas (Nationale Hypotheek Garantie).
  • O alargamento do regime de relocalização passa a ser permanente. Os proprietários que temporariamente têm duas casas, podem continuar a deduzir ambas as hipotecas durante 3 anos. A regra tinha sido prorrogada temporariamente de dois para três anos, ficando agora definitiva.
  • A flexibilização temporária para os pais que peçam isenção de impostos para a compra, construção ou contratação de crédito para habitação própria com efeitos de doação para os seus filhos será abolida. O valor é agora fixado nos 51.407 Euros por ano.
  • Serão liberados 31 milhões de Euros extra para o subsidio de renda (huurtoeslag).

Segurança

  • Os gastos com as Forças Armadas sobem 100 milhões de Euros. O Governo corresponde assim ás ambições das Forças Armadas devido a acontecimentos geopolíticos recentes.
  • Os Serviços Gerais de Inteligência e Segurança (Algemene Inlichtingen- en Veiligheidsdienst - AIVD) terão a partir do próximo ano, 25 milhões de Euros extra, por ano, no seu orçamento. São assim invertidos os cortes dos anos anteriores, para que este serviço possa responder a novas ameaças ao território.
  • A policia receberá 10 milhões de Euros para combater mais eficazmente 6 tipos de crime. O valor subirá para os 98 milhões em 2017 para o combate ao ciber crime, pornografia infantil e fraude.

Educação

  • A partir do ano lectivo de 2015/2016, extinguem-se as bolsas de ensino para formação superior. Ficam de fora as já atribuídas, que terão um aumento de cerca de 100 Euros. Os estudantes elegíveis poderão realizar um empréstimo do Estado.
  • Ex-alunos terão um aumento do prazo de pagamento dos seus empréstimos para formação superior. Dos actuais 15, passarão a dispor de 35 anos e com o desconto máximo dos seus rendimentos baixar dos 12 para os 4%.
  • Para os docentes estarão disponíveis 115 milhões de Euros para continuação dos seus estudos para bacharelatos ou mestrados. Cerca de 15.000 professores poderão fazer uso desta medida. Além disso, todos os docentes terão um orçamento pessoal para formação para a reconversão profissional.
  • O congelamento dos salários dos docentes irá acabar. Os salários de base irão de novo subir.
  • A formação técnica e profissional (MBO) irá receber, a partir do próximo ano, 25 milhões de Euros anuais para a realização de um programa de excelência e promover a internacionalização. Para além disso, existem 75 milhões de Euros extra disponíveis para as escolas técnicas e profissionais.

Cultura

  • A indústria cinematográfica holandesa recebe 20 milhões extra para melhorar a produtividade e competividade.

Economia

  • Trabalhadores que desejem uma reconversão profissional num sector onde haja comprovada falta de mão de obra, poderão receber um subsidio de desemprego para a reconversão profissional. A chamada transição de desemprego (brug-WW).
  • A criação de um Fundo para o Futuro (Toekomstfonds) de 200 milhões de Euros para o investimento na inovação, investigação e PME's inovadoras e de alto crescimento.
  • Incentivo a empresários via subvenção, para investir em energias renováveis e baixa da factura energética das empresas. Estão assim disponíveis 3.5 mil milhões de Euros, de onde serão retirados 35 milhões para a estimulação do empreendorismo e inovação sustentável.
  • O Governo disponibiliza 16 milhões de Euros para a Lei sobre Investigação e Desenvolvimento (Wet Bevordering Speur- en Ontwikkelingswerk - WBSO). Este regime fiscal é destinado ao incentivo de inovação privado.

Justiça

  • O Ministério Público (Openbaar Ministerie - OM) recebe o próximo ano 5 milhões de Euros extra. A partir de 2017 sobe esse valor para 20 milhões. O Ministério recebe também recursos adicionais para levar mais e melhores preparados casos a julgamento.
  • Para a recepção de requerentes de asilo, disponibilizou este Governo uma prestação de 375 milhões de Euros para 2014 e 2015. Para ajuda humanitária e recepção de requerentes de asilo para 2016 e 2017, será disponibilizado um orçamento de 570 milhões de Euros.

Casa Real

  • O Rei Willem-Alexander terá um aumento de benefícios no próximo ano. Receberá 823.00 Euros. Isto é 6.000 Euros a mais que este ano. A Rainha Máxima também irá ter um ligeiro aumento de 2.000 Euros, para os 326.000 Euros. Estes aumentos não são estruturais.
  • O Palácio Huis ten Bosch receberá obras de renovação nos próximos 3 anos. Por isso o Governo já destinou 35 milhões de Euros.
  • O orçamento da Casa Real para o próximo ano é de 40.085.000 Euros. Mais 98.000 que este ano.

Poder de Compra

  • De acordo com o Governo, o poder de compra irá aumentar cerca de 0.5% para 71% da população.
  • Rendimentos até 2.600 Euros terão uma subida média de 0.5%. Os rendimentos que se situam entre os 2.600 e os 5.200 Euros, também sobem em média 0.25%. O grande aumento está nos rendimentos acima dos 5.200, onde haverá uma subida média de 0.75%.
  • Famílias monoparentais com o salário mínimo terão um aumento de 10% no seu rendimento. Famílias monoparentais com um salário médio, terão um aumento de 2%.
  • Assalariados com filhos e com um salário médio, terão um corte de poder de compra de cerca de 2.5%.
  • O poder de compra de idosos tem estado negativo. No próximo ano, mais de metade dos idosos (57%) terão um pequeno aumento do poder de compra, ficando mesmo assim nos 0%.

Crescimento Económico

  • O crescimento económico para 2015 está estimado nos 1.25%.
  • O défice orçamental está previsto ficar nos 14.6 mil milhões de Euros, o que corresponde a 2.2% do PIB, estando assim abaixo do limite de 3% da UE.
  • A divida soberana ficará nos 467.2 mil milhões de Euros, o que corresponde a 70% do PIB.
  • O número de desempregados diminuiu dos 650.000 para os 605.000.

Notícias originais em:

Dutch News (inglês)

NU (holandês)

Por uma comunidade forte, unida e informada.

Portugueses na Holanda Blog

Portugueses na Holanda Facebook

Portugueses na Holanda Email

Portugueses na Holanda Comentários no Blog e Facebook

Grupo Trabalho na Holanda


Entre em Contacto
Portugueses na Holanda no Facebook
pesquisar
 
Setembro 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
19

20
22
23
24
25
26

28
29
30


Links de Interesse
blogs SAPO
subscrever feeds