O principal meio de informação em português na Holanda. Notícias, informação e ponto de encontro da comunidade portuguesa. Também pelo Facebook em www.facebook.com/portuguesesholanda
publicado por Alvaro Faustino, em 23.03.14 às 14:56link do post | | adicionar aos favoritos

dirigente do PVV, Geert Wilders 

As declarações do dirigente do Partido Da Liberdade (PVV, Partijd Van Vrijheid), Geert Wilders, na passada quinta-feira durante o comício em Den Haag, após as eleições locais, onde perderam assentos em Den Haag e Almere, embora nesta última cidade se tivessem mantido como o maior partido, causaram e ainda causam baixas dentro do próprio partido.

Wilders dirigiu-se aos presentes com a pergunta, "querem mais ou menos marroquinos?", sendo que a resposta dos presentes tenha sido, "menos, menos, menos", deixando um sorriso nos lábios do dirigente e a expressão, "vamos então tratar disso". Nem terão sido as palavras a causaram mal estar, mas a forma como foram ditas, já comparadas a um discurso de Adolf Hitler sobre os judeus, o que nas redes sociais na Holanda já foi demonstrado ao apelidarem o dirigente do PVV de Adolf Wilders.

 

Demissões

As palavras fizeram logo as primeiras baixas no partido com a demissão do seu número dois e de mais alguns importantes membros partidários. Na cidade de Almere, onde o partido se manteve como a principal força política, também os eleitos para o Município se desmarcaram das palavras do seu dirigente. Também os candidatos ás próximas eleições europeias ponderam o afastamento e a recusa do apoio do próprio partido, não evitando mesmo assim a demissão de Laurence Stassen, cabeça de lista pelo PVV ás europeias e responsável pela província do Limburg pelo partido, pondo-se assim em causa o acordo de cooperação com a extrema-direita francesa de Le Pen e de outros partidos europeus de extrema-direita. Na província de Flevoland, os conselheiros provinciais, eleitos pelo PVV, também se demitiram do partido e criaram o seu próprio grupo político, afirmando que "partilhamos dos objectivos do PVV, mas não dos métodos de Wilders".

 

Consequências

Para já, a principal consequência das palavras de Wilders levaram o Governo a não pedir mais a cooperação do PVV na governação do país. Segundo o Primeiro-Ministro holandês, Mark Rutte, o dirigente do PVV "desta vez foi longe demais e transpôs a fronteira do aceitável com estas palavras, por isso, os acordos e cooperação entre o Governo e o partido cessarão de vez."

Outra consequência foi a inundação no Ministério Público, de queixas de discriminação e incitamento ao ódio contra Wilders. Também a polícia e associações anti-discriminação receberam várias queixas. O Ministério Público já fez saber que "atingimos a capacidade máxima no tratamento das queixas, mas faremos todos os possíveis para investigar todas elas". Especialistas jurídicos afirmam que algumas queixas tem pernas para andar e levar assim Wilders a julgamento por actos discriminatórios e incitamento ao ódio.

 

Manifestações

Em Amsterdam várias pessoas de várias origens, holandeses, holandeses de origem marroquina, marroquinos e de outras nacionalidades, manifestaram-se contra as políticas cada vez mais xenófobas e racistas do PVV, exigindo a condenação e um pedido de desculpas do mesmo.

Não só os marroquinos têm sido alvo das palavras de Wilders, mas também imigrantes de outras origens. Muitas vezes polacos e outros imigrantes europeus têm sido alvo das suas criticas xenófobas.

Wilders já fez saber que não pedirá desculpas pelas suas palavras justificando-se que "estava a referir-me aos criminosos" e que "apenas disse o que todos os holandeses pensam, não tenho por isso de pedir desculpas a ninguém. Apenas falei a verdade."

 

Por uma comunidade forte, unida e informada.

Portugueses na Holanda Blog

Portugueses na Holanda Facebook

Portugueses na Holanda Email

Portugueses na Holanda Comentários no Blog e Facebook

Grupo Trabalho na Holanda

 


publicado por Alvaro Faustino, em 22.03.14 às 20:00link do post | | adicionar aos favoritos

 

KLAAR VOOR NUCLEAIRE TOP

Tudo pronto para o NSS2014, o Nucleaire Top em Den Haag nos próximos dias. Em números, a organização deste evento conta com:

 

13.000 agentes da polícia.

Cavalaria e policia de choque.

 

Brigadas caninas também estarão presentes no local.

A Marechaussee também estará presente nas fronteiras, aeroportos e em Den Haag com 4.000 agentes.

Serão eles responsáveis por controles em áreas de segurança sensíveis.

A presença militar irá sentir-se com cerca de 3.000 homens.

Desde o exército.

E equipamento de defesa Patriot em alguns locais junto ao mar.

O mar também estará guardado pela marinha holandesa.

 

 

 

No ar existem sérias restrições ao voo de qualquer tipo de aeronaves.

 

Inclusive os radares de tráfego aéreo online também não estarão disponíveis durante os próximos dias.

 

Aviões F-16 holandeses sobrevoarão 24 horas por dia o espaço aéreo do país.

 

Helicópteros Apache e Cougar holandeses completarão a defesa aérea do evento.

 

Terão a ajuda de helicópteros Black Hawk norte-americanos nas deslocações do Presidente Barack Obama.

 

Aviões AWAC da NATO sobrevoarão também o espaço aéreo para apoio logístico ás forças de defesa e segurança.

 

Os serviços secretos americanos exigiram uma barreira de contentores de transporte marítimo cheios de areia, dispostos em duas camadas de altura, para a protecção da zona do Rijksmuseum em Amsterdam durante a visita do Presidente Barack Obama ao local. Existem também regras na circulação na envolvente e aos moradores.

 

Devido ao corte de estradas, que já se fazem sentir em alguns locais,

 

 

e aos desvios na circulação, estarão também na estrada mais mecânicos da Wegenwacht da ANWB e inspectores da Rijkswaterstaat.

 

A NS irá fazer circular entre Rotterdam, Den Haag e Amsterdam comboios maiores, elevando a capacidade dos normais 12.000 passageiros/hora para 20.000 passageiros/hora entre estas cidades.

Evite o uso do automóvel nestes dias. O trabalho em casa é a melhor escolha, se possível. Caso contrário, viaje fora das horas de ponta ou use o comboio nas suas deslocações. O total de filas previsto entre Rotterdam, Den Haag e Amsterdam é de 500 Km.

O número de agentes e forças de segurança é tão grande para a realização deste evento, que a própria liga de futebol holandesa, a Eredivisie, teve de ser cancelada este fim de semana, devido á escassez de homens para segurança dos jogos de futebol.

 

Por uma comunidade forte, unida e informada.

Portugueses na Holanda Blog

Portugueses na Holanda Facebook

Portugueses na Holanda Email

Portugueses na Holanda Comentários no Blog e Facebook

Grupo Trabalho na Holanda


publicado por Alvaro Faustino, em 21.03.14 às 19:52link do post | | adicionar aos favoritos

 

Durante o dia de hoje foram dadas a conhecer novas restrições aos habitantes de Amsterdam, especialmente aqueles que vivem nas imediações do Rijksmuseum e Museumplein, devido à realização da Nuclear Security Summit em Den Haag.

 

A partir do dia 23, Domingo ás 22:00 até dia 24, Segunda ás 13:00, é proibida a presença de pessoas em varandas ou telhados nas imediações do Rijksmuseumdevido à visita que o Presidente dos Estados Unidos da América Barack Obama irá realizar ao mesmo. Igualmente proibida estará a abertura de janelas nas imediações. O parque de estacionamento por baixo do museu também estará interdito a partir da tarde de Domingo, bem como nas ruas adjacentes.

A segurança do espaço aéreo em redor do museu e no percurso a fazer pelo Presidente, estará assegurado por oito helicópteros de combate norte-americanos, que aliás já fizeram o reconhecimento na passada Quinta-feira, trazendo surpresa aos habitantes e turistas nas redondezas.

 
helicópteros americanos na quinta-feira durante o exercício de reconhecimento

 

Para Sábado, dia 22 durante a tarde haverá também algumas restrições em volta da Dam, semelhantes ás usadas no Dodenherdenking de 4 de Maio, devido à visita do Presidente chinês Xi Jinping ao local.

 

Por uma comunidade forte, unida e informada.

Portugueses na Holanda Blog

Portugueses na Holanda Facebook

Portugueses na Holanda Email

Portugueses na Holanda Comentários no Blog e Facebook

Grupo Trabalho na Holanda


publicado por Alvaro Faustino, em 20.03.14 às 20:58link do post | | adicionar aos favoritos

 

 

58 Chefes de Estado. 5000 membros delegados. Mais de 3000 jornalistas credenciados. E muito, muitos problemas na circulação na Holanda.

Local: World Forum, Den Haag.

 

De 23 a 25 de Março tem lugar em Den Haag a reunião do Comité para a Segurança Nuclear. Esta reunião de Chefes de Estado tem como objectivo negociações que visam tornar mais seguro o manuseamento de matéria e lixos nucleares radioactivos e combater igualmente o terrorismo nuclear em todo o Mundo.

É igualmente um teste enorme ás forças, autoridades e organização holandesas, pois é a primeira vez que algo desta envergadura é realizado no país. Por isso mesmo estão previstas medidas de segurança que irão afectar o dia a dia do comum cidadão na Holanda, as quais passamos a transmitir.

 

Schiphol/Amsterdam

O aeroporto terá algumas limitações no que diz respeito a segurança e tráfego aéreo. A pista mais afastada do terminal, a chamada Polderbaan, estará encerrada para partidas e chegadas. É aqui que ficarão estacionados os aparelhos dos Chefes de Estado, incluindo o famoso Air Force One do Presidente dos Estados Unidos.

 

Igualmente o conhecido e oficial local de "spotters" estará vedado com taipais, o que não permitirá fotografias ao local. Medidas extra de segurança estarão também no terreno e em redor do aeroporto. Estas medidas poderão interferir com o normal funcionamento do aeroporto.

 

(Adenda, sexta-feira, 21 Março) São conhecidas novas restrições em Amsterdam.

 

Rede Rodoviária

É neste ponto que se prevêem mais complicações, pois para transportar as Chefias de Estado e suas delegações, será criado um corredor de segurança entre Schiphol e Den Haag que irão englobar as seguintes vias, com cortes totais e/ou parciais das mesmas.

 

 

Das 16:00 de Domingo até ás 16:00 de Segunda e das 13:00 de Terça ás 05:00 de Quarta:

1-A5 estará encerrada ao trânsito em ambos os sentidos, entre os nós de ligação Raasdorp (A9) e De Hoek (A4).

2- A4 entre os nós de ligação Badhoevedorp (A9) e Burgerveen (A44), direcção Den Haag, supressão de duas faixas de rodagem (de 5 para 3). Durante a circulação das delegações e se a segurança assim o entender, poderá ser suprimida uma terceira faixa de rodagem (de 5 para 2). As faixas cortadas estarão fechadas por meios de sinalização e barreiras fisicas em forma de muros de betão e sacos de areia. As saídas para Hoofddorp (no. 3), Hoofddorp-Zuid (no. 3a) e Nieuw Vennep (no. 4) estarão encerradas, assim como o acesso à estação de serviço.

3-A44 em direcção a Den Haag, entre o nó de Burgerveen (A4) e a ligação com Wassenaar (N44) estará encerrada ao trânsito.

4-N44, direcção Den Haag, entre a ligação com Wassenaar (A44) e Den Haag (N14), estará encerrada ao trânsito.

Das 16:00 de Domingo ás 05:00 de Quarta:

5- N14 em ambos os sentidos estará encerrada entre a ligação da A4 e Hubertustunnel.

 

A N206 entre Noordwijk e Leiden também sofrerá cortes à circulação durante alguns períodos de tempo devido ás medidas de segurança extra para a delegação dos Estados Unidos que estará instalada em Noordwijk.

 

Rotas alternativas

Para evitar as estradas encerradas, foram divulgadas e aconselhadas as seguintes rotas:

Amsterdam para Den Haag/Rotterdam: siga A2/A12.

Alkmaar para Amsterdam: siga N244/N246/A8/A10.

Groningen para Den Haag/Rotterdam: siga A28/A50/A15.

Arnhem/Nijmegen para Den Haag/Rotterdam: sigaA50/A15.

 

Rede Ferroviária

Durante estes estes dias estarão disponíveis composições extras e comboios maiores para o transporte ferroviário entre Rotterdam, Den Haag, Leiden, Schiphol e Amsterdam. O resto da Holanda poderá sofrer lotação nos comboios, pois as composições extra necessárias serão retiradas dessas ligações.

 

Fronteiras e Tráfego Maritimo

O controle de fronteiras estará activo durante estes dias. Haverá restrições à navegação marítima até 1 Km da costa.

 

Defesa do Território

Exército, Marinha e Força Aérea estarão em alerta. Aviões AWACS da NATO estarão a observar o espaço aéreo holandês, bem como mísseisde defesa aérea instalados ao logo da costa. No mar a Marinha estará também a vigiar a zona costeira. Não estranhem por isso o sobrevoo de helicópteros e aviões da força aérea ou a circulação de militares nas estradas.

 

Rotterdam

Poderá haver também algumas consequências na A13, Rotterdam - Den Haag e no The Hague/Rotterdam Airport pois algumas delegações serão transportadas para este local e seguir para Den Haag via A13, sem se prever cortes de via.

 

Den Haag

Haverá sérias restrições á circulação, tanto automóvel como de pessoas na envolvente do World Forum. Siga as indicações das autoridades presentes no local.

 

Todas estas medidas poderão ser mudadas sem aviso prévio, se assim for necessário.

As autoridades aconselham o seguinte:

Evitar o uso do automóvel durante as horas de ponta. Se possível trabalhe a partir de casa ou faça uso do comboio nas suas deslocações nestas áreas. Faça uso dos transportes públicos o mais possível. Para além dos problemas previstos para a Randstad (Rotterdam, Den Haag, Utrecht e Amsterdam), pode-se encontrar igualmente problemas de circulação um pouco por todo o país.

 

Mais informações:

Nuclear Security Summit 2014

Circulação - Van A naar Beter (inglês e holandês)

                 - VID  Informatie Dienst (holandês)

Informação ao morador - Gemeente Den Haag (holandês)

 

Por uma comunidade forte, unida e informada.

Portugueses na Holanda Blog

Portugueses na Holanda Facebook

Portugueses na Holanda Email

Portugueses na Holanda Comentários no Blog e Facebook

Grupo Trabalho na Holanda


publicado por Alvaro Faustino, em 20.03.14 às 18:48link do post | | adicionar aos favoritos

característico lápis usado nas eleições holandesas 

Já muitos se aperceberam de que algo se passou com os resultados nas eleições locais de ontem na Holanda. Mas em concreto, o que se passou?

Em termos nacionais, os grandes perdedores foram precisamente os partidos que estão no poder: o PvdA e o VVD, tendo inclusive o PvdA perdido as Câmaras Municipais de Amsterdam, Den Haag e Rotterdam.

Os grandes vencedores foram partidos locais e o D66. Este partido ganhou as cidades de Amsterdam, Utrecht, Den Haag, Enschede, Groningen, Wageningen, Amersfoort, Haarlem, Delft, Leiden, Zoetermeer, Apeldoorn e Tilburg.

 

Eindhoven mantém-se à esquerda

Eidhoven foi a única grande cidade a manter o PvdA como o maior partido. Em termos nacionais, o PvdA ficou apenas um pouco acima dos 10%, contra os 15% de há quatro anos atrás. O VVD baixou também dos 15% de há quatro anos atrás para um pouco menos dos 12% nestas eleições, mas ainda conseguindo manter as cidades de Amstelveen, Breda e mais algumas cidades importantes. Um cartão amarelo ao Governo de Coligação entre estes dois partidos, sinal que a austeridade implementada por eles, não está a ser bem recebida pela população, principalmente a imigrante que tem grande expressão nas eleições locais.

 

Rotterdam e o seu partido

Rotterdam foi outra grande perda para o PvdA, que passa agora o seu testemunho para o partido local Leefbaar Rotterdam, fundado por Pim Fortuyn, tornando-se assim este, o maior partido de Rotterdam. No entanto, será dificil a formação de coligações com outros partidos de forma a obter maioria, segundo comentadores. 

 

O SP (Partido Socialista) também ganhou alguma expressão a nível nacional, com uma subida de 3.8% para 6.5%.

Os partidos menores de vertente religiosa também tiveram uma subida. O ChristenUnie ganhou Zwolle e os fundamentalistas do SGP ganharam Vlissingen, tendo escolhido uma mulher para ocupar o assento vereador.

Os Christian Democrats mantiveram a sua quota de 14%, principalmente devido ás áreas rurais.

 

Wilders e o seu partido anti-imigração PVV perderam força nas duas únicas cidades a que se candidataram, Den Haag e Almere, mas conseguiram manter-se como o maior partido nesta última.

 

Para conhecer todos os resultados:

Resultados Eleitorais - Eleições Municipais 2014

 

Toda a informação foi retirada da imprensa holandesa e estrangeira, nomeadamente:

Dutch News (em inglês)

Volkskrant (em holandês)

 

Notícia em português:

JN

 

Por uma comunidade forte, unida e informada.

Portugueses na Holanda Blog

Portugueses na Holanda Facebook

Portugueses na Holanda Email

Portugueses na Holanda Comentários no Blog e Facebook

Grupo Trabalho na Holanda


publicado por Alvaro Faustino, em 19.03.14 às 19:57link do post | | adicionar aos favoritos

Festibérico 2014, em Delft 

Como gostava de ver um filme português aqui na Holanda?

E quem disse que não pode?

Em Delft, nos próximos dias 20 a 30 de Março, no Festibérico 2014.

 

"A nona edição do Festibérico, de 20 a 30 de Março de 2014, oferece uma perspectiva muito actual do panorama cinematográfico português e espanhol. Os filmes, especialmente importados para o festival, são todos dos últimos dois anos. Na sessão de abertura será exibida a comédia A GAIOLA DOURADA, que em 2013 foi o filme mais visto em Portugal. O programa português conta ainda com LINHAS DE WELLINGTON, a história da vitória do general Wellington sobre as tropas napoleónicas francesas na região de Torres Vedras, e FLORBELA, o retrato de uma das maiores poetisas portuguesas. No programa espanhol do Festibérico é dado destaque a GRUPO 7, um poderoso thriller que conquistou dois prémios Goya em 2013, e TRES BODAS DE MÁS, uma comédia elegante e ousada. O Festibérico 2014 inclui também duas sessões de documentários. No domingo, 23 de Março, será exibido BAJARÍ, sobre flamenco em Barcelona e segunda-feira, dia 24, A COMUNIDADE, sobre o parque de campismo mais antigo de Portugal e OBRIGAÇÃO, sobre as mulheres dos pescadores de Caxinas. Cumprindo a tradição, haverá uma sessão especial dedicada a curtas-metragens de animação portuguesas e espanholas.

No dia 20 de Março, quinta-feira, os Embaixadores de Portugal e Espanha farão a abertura oficial do festival. No dia seguinte, sexta-feira, o realizador Javier Rebollo será o nosso convidado para a exibição de EL MUERTO Y SER FELIZ, um dos destaques do Festival de Cinema de Roterdão de 2013. No sábado, dia 22 de Março, o realizador Jonás Trueba estará connosco para apresentar o seu filme LOS ILUSOS, uma comédia inteligente e irónica. Dia 23 de Março, domingo, o realizador Luis E. Parés estará presente na exibição da sua curta-metragem MI IDEOLOGÍA: VARIACIONES SOBRE UN CONCEPTO. O realizador Leonardo António e a actriz Alexandra Rocha estarão connosco para apresentar o seu thriller O FRÁGIL SOM DO MEU MOTOR na quarta-feira, dia 26 de Março. Dia 28 de Março, o realizador Mariano Barroso, será o convidado na projecção do seu filme TODAS LA MUJERES, que conquistou o Goya 2014 para melhor argumento adaptado. Dia 30 de Março durante a tarde, entre a sessão de animação e o filme da noite de encerramento, convidamo-lo a assistir à música ao vivo do grupo português Yakari.

O Festibérico 2014 é organizado em colaboração com as Embaixadas de Portugal e de Espanha, o Instituto Cervantes, o Instituto do Cinema e do Audiovisual de Portugal (ICA) e de organizações locais portuguesas e espanholas. Todos os filmes são falados em português ou espanhol e legendados em inglês, salvo indicação em contrário."

in Festibérico

 

Consulte também o programa do Festibérico 2014, com todos os filmes portugueses e espanhóis (todos os filmes são legendados em inglês, salvo indicação em contrário).

Podem reservar os seus bilhetes pelo telefone 015-2140226, sem quaisquer encargos adicionais, a serem levantados na própria bilheteira até 20 minutos antes da sessão. O preço é de 11€, com descontos para estudantes, jovens e 65+.

 

O local de apresentação do Festibérico é:

 

Filmhuis Lumen

Doelenplein 5,
2611 BP Delft

 

Mais informações, consulte a página da Festibérico 2014, em português.

 

Por uma comunidade forte, unida e informada.

Portugueses na Holanda Blog

Portugueses na Holanda Facebook

Portugueses na Holanda Email

Portugueses na Holanda Comentários no Blog e Facebook

Grupo Trabalho na Holanda


publicado por Alvaro Faustino, em 12.03.14 às 18:18link do post | | adicionar aos favoritos

A pedido directo da Fujitsu - Portugal, publicamos a sua oferta de trabalho na integra. 

Do you speak Dutch?

Fujitsu Technology Solutions - Lisbon

Fujitsu is a world IT leader leading authority in hardware and IT services business.

The Fujitsu Global Delivery Centre in Lisbon is a multilingual Service Desk with nearly 600 employees providing 24/7 IT services, in 15 different languages to multiple companies from different sectors, on a very rewarding and vibrant multicultural environment.

We now offer you the opportunity to be part of this great company.

• Excellent language skills in Dutch and English

• Strong communication skills and team work ability

• Availability for rotating schedules

• Help Desk experience preferable and / or IT basic knowledge

We are looking for:

Service Desk Agents Level 1 (low / non-technical profile): Provide technical assistance to users via email or phone.

We offer:

• The chance to work on rewarding, dynamic and multicultural environment

• Very competitive salary, bonuses and benefits package

• Employment contract directly with Fujitsu

• Training and internal career progression plan upon hiring

• Excellent facilities centrally located near a wide range of public transports

Applications to www.fujitsu.com/pt/gdc/recruitment/

(Please attach your CV in English detailing language skills and availability)


publicado por Alvaro Faustino, em 09.03.14 às 19:38link do post | | adicionar aos favoritos

Receber ou pagar IRS dependem da sua declaração de rendimentos 

 Estamos no mês de Março e até 1 de Abril devemos fazer e entregar a nossa declaração de rendimentos. Normalmente o próprio Belastingdienst envia um aviso para o preenchimento da declaração de rendimentos referente ao ano anterior, mas muitas das vezes, nós que somos imigrantes, não recebemos tal aviso, o que não quer dizer que não temos ou deveremos fazer a mesma declaração. Sim, devemos faze-la. A única vantagem de que temos em não receber o tal aviso é que poderemos fazer a declaração sobre o ano de 2013 até ao final do ano de 2018. Coisa que não acontece se recebermos o tal aviso. Aí, temos até 1 de Abril para a entregar sob pena de multas por atraso.

 

Nunca fiz a declaração. Do que preciso?

Para fazer uma declaração de rendimentos na Holanda (aangifte inkomstenbelasting) precisamos do Jaaropgave (relatório de ganhos entregue pela entidade patronal). Se não esteve empregado mas recebia qualquer tipo de subsidio da UWV, baixa médica ou subsidio de desemprego, por exemplo, também deverá ter um jaaropgave. Este documento é normalmente entregue entre Janeiro e Fevereiro.

Se porventura tiver também uma conta poupança um banco holandês, este também deverá entregar uma declaração sobre a capitalização do saldo e juros.

 

O que posso deduzir?

Mais ou menos o que pode deduzir em Portugal, ou seja, gastos com os estudos e saúde, se comprou casa na Holanda, pode também deduzir o valor dos juros das prestações, doações, gastos com transporte para o trabalho, públicos e privados ou seguros de poupança reforma. Com os gastos de saúde apenas entram para deduções valores extra que pagamos. Valores mensais ou franquias não são dedutíveis.

 

Onde fazer?

Pode fazer directamente via Belastingdienst. Se tiver um DigiD pode-o fazer via internet. Outra forma é faze-lo através de um contabilista.

Da nossa parte, estamos igualmente a pensar disponibilizar esse serviço. Para isso seria importante responder a este questionário, Avaliação de Preferências e Expectativas, se ainda não o tiver feito.

 

Por uma comunidade forte, unida e informada.

Portugueses na Holanda Blog

Portugueses na Holanda Facebook

Portugueses na Holanda Email

Portugueses na Holanda Comentários no Blog e Facebook

Grupo Trabalho na Holanda


publicado por Alvaro Faustino, em 01.03.14 às 13:02link do post | | adicionar aos favoritos

 

Gostava de salientar a importância destas perguntas para uma melhor integração da comunidade portuguesa imigrada na Holanda. O preenchimento deste inquérito vai definir o futuro do nosso trabalho em prol da comunidade. Para isso precisamos de conhecer quais as vossas expectativas, avaliações e opiniões. Responder ao inquérito demora 2 minutos e é completamente anónimo.

 

 

Por uma comunidade forte, unida e informada.

Portugueses na Holanda Blog

Portugueses na Holanda Facebook

Portugueses na Holanda Email

Portugueses na Holanda Comentários no Blog e Facebook

Grupo Trabalho na Holanda


Entre em Contacto
Portugueses na Holanda no Facebook
pesquisar
 
Março 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
13
14
15

16
17
18

24
25
26
27
28
29

30
31


Links de Interesse
blogs SAPO
subscrever feeds